Jornalismo e atualidade em Machado de Assis

das crônicas ao Quincas Borba

Autores

  • Lucia Granja UNESP

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v24i3.60959

Resumo

Se a estranha atualidade das ideias de Machado de Assis não fosse sempre tão surpreendente, poderia parecer simples repetição que este texto insista em discuti-las. Algumas delas, decorrentes  das análises a respeito de política e sociedade, trasbordam de suas crônicas, nas quais o cronista capta imagens, hábitos, práticas e os decortica,  de modo a expor a sua natureza, os valores que os definem, as deformações que neles se naturalizam, entre outros.  Mais do que comentar o cotidiano, no guarda-chuva escasso da legalidade, na associação da figura dos homens à das personagens, no culto das aparências, entre outros, as crônicas revelam uma lucidez que vai criando parâmetros para uma interpretação do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucia Granja, UNESP

Professora de Literatura e Cultura Brasileiras na UNESP, São José do Rio Preto. Livre-Docente em Literatura Brasileira pela UNESP. Doutora em Teoria e História Literária pela UNICAMP. Realizou estágios de pós-doutorado em PARIS/VERSAILLES (CHCSC, Université de Versailles à St. Quentin-en-Yvelines); PARIS (Fondation Maison des Sciences de lHomme/Université Paris VII, Denis Diderot); LISBOA: Universidade Nova de Lisboa/Instituto Camões. É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e pesquisadora-associada ao Centre dHistoire Culturelle des Sociétés Contemporaines, da Université de Versailles à St. Quentin-en-Yvelines (desde 2013) e ao Centre de recherches sur les pays lusophones, da Université Paris 3-Sorbonne Nouvelle (desde 2015).

Downloads

Publicado

2020-06-01

Como Citar

GRANJA, L. Jornalismo e atualidade em Machado de Assis: das crônicas ao Quincas Borba. História Revista, Goiânia, v. 24, n. 3, p. 5 –, 2020. DOI: 10.5216/hr.v24i3.60959. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/60959. Acesso em: 2 jul. 2022.