Abjeção, Afetos e Desejos no Mundo Globalizado: construindo sentidos a partir de shortbus, de John Cameron Mitchell (2006)

Autores

  • Miguel Rodrigues de Sousa Neto UFMS/CPAQ.
  • Aguinaldo Rodrigues Gomes UFMS/CPAQ; UFMT/CUR.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v23i1.51301

Resumo

Distintos realizadores, geralmente independentes, têm lançado desde a última década do século passado uma cinematografia na qual são positivadas personagens e experiências marcadas por sua corporeidade, seu erotismo e/ou por suas performances de gênero. Assim, tomamos Shortbus, de J. C. Mitchell (2006), como representante desse conjunto mais amplo de trabalhos e buscamos compreender como afetos e desejos são os elementos definidores das personagens e conflitos ali elaborados, tomando a produção artística em seus aspectos históricos e políticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Miguel Rodrigues de Sousa Neto, UFMS/CPAQ.

Doutor em História Social pela Universidade Federal de Uberlândia. Docente do Curso de História do Campus de Aquidauana da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Líder do Universo Dialógico – Grupo de Pesquisa em Linguagens & Diferenças e coordenador do Laboratório de Estudos em Cultura & Diversidade, Política & Sexualidade – LabDiS.

Aguinaldo Rodrigues Gomes, UFMS/CPAQ; UFMT/CUR.

Doutor em Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Docente do Curso História do Campus de Aquidauana da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e do Programa de Pós-Graduação em Educação do Campus de Rondonópolis da Universidade Federal de Mato Grosso. 

Downloads

Publicado

2018-12-02

Como Citar

SOUSA NETO, M. R. de; GOMES, A. R. Abjeção, Afetos e Desejos no Mundo Globalizado: construindo sentidos a partir de shortbus, de John Cameron Mitchell (2006). História Revista, Goiânia, v. 23, n. 1, p. 82–104, 2018. DOI: 10.5216/hr.v23i1.51301. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/51301. Acesso em: 7 jul. 2022.