“O MENU DE MEU MARIDO”: NARRATIVAS VISUAIS, HISTÓRIA E PRÁTICAS DE GÊNERO NA REVISTA FEMININA

Autores

  • Ana Carolina Eiras Coelho Soares Faculdade de História e Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v19i2.32138

Palavras-chave:

Revista Feminina, relações de gênero, Modernidade

Resumo

O presente artigo pretende analisar as diferentes artes gráficas criadas para a seção “O Menu de Meu Marido” que foi veiculada pela Revista Feminina (1914-1936) ao longo de toda sua produção. Analiso as imagens das artes gráficas como uma produção intencional das editoras para criar símbolos e signos associados a modernidade, civilização e progresso social, em um momento histórico na qual esses conceitos estão sendo valorizados como parte de uma construção de Nação. Interessante pensar que o Menu era preparado para o marido – cidadão e provedor familiar – , mas ensinado e elaborado pela esposa – cuidadora do lar e das educação dos futuros cidadãos. Nesse sentido, penso o suporte impresso como uma interface de práticas sociais e modos de viver e pensar. O objetivo central está na compreensão da possível participação dessa seção na constituição das subjetividades das leitoras a partir da exposição de determinados pratos, produtos consumidos e bens mercadológicos expostos em uma revista voltada exclusivamente para o público feminino. A partir das ideias de formas de sedução das leitoras e das questões sobre a edição postas nos estudos de Roger Chartier, considero que esta seção foi previamente selecionada e estudada pelas editoras – no caso a Empresa Feminina cuja proprietária era D. Virgilina de Souza Sales.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Eiras Coelho Soares, Faculdade de História e Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de Goiás

Possui doutorado em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009), mestrado em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2003), especialização em Psicopedagogia pela UCAM (2008) e graduação em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2001). Atualmente possui é coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisa de Gênero da Faculdade de História/UFG, coordenadora do GT regional de Gênero da ANPUH- Goiás, Professora do Programa de Pós-Graduação em História-UFG e Professora Adjunta da Faculdade de História da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de História, com ênfase em estudos sobre a imprensa, literatura e o código civil brasileiro, atuando principalmente nos seguintes temas: história cultural, gênero, mulheres, século XIX, José de alencar e Brasil.

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

SOARES, A. C. E. C. “O MENU DE MEU MARIDO”: NARRATIVAS VISUAIS, HISTÓRIA E PRÁTICAS DE GÊNERO NA REVISTA FEMININA. História Revista, Goiânia, v. 19, n. 2, p. 27–54, 2014. DOI: 10.5216/hr.v19i2.32138. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/32138. Acesso em: 14 ago. 2022.