AS CONTAS A BORDO DA FRAGATA STO. ANTÓNIO DE TANÁ (1697) UM EXEMPLO DE INTERCÂMBIOS NUM MUNDO GLOBAL - doi: 10.5216/hr.v18i2.29861

Autores

  • Andreia Martins Torres

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v18i2.29861

Palavras-chave:

Contas, Arqueologia Moderna, África.

Resumo

O artigo parte da análise das contas encontradas durante a escavação da Fragata Sto. António de Tána, naufragada em Mombaça no ano de 1697, para problematizar sobre o significado da presença destes materiais no contexto das ligações entre a Índia e África. Para tal nos centraremos fundamentalmente em questões comerciais, mas também naqueles conceitos e ideias transmitidos através da cultura material.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-05-15

Como Citar

TORRES, A. M. AS CONTAS A BORDO DA FRAGATA STO. ANTÓNIO DE TANÁ (1697) UM EXEMPLO DE INTERCÂMBIOS NUM MUNDO GLOBAL - doi: 10.5216/hr.v18i2.29861. História Revista, Goiânia, v. 18, n. 2, 2014. DOI: 10.5216/hr.v18i2.29861. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/29861. Acesso em: 4 jul. 2022.