HISTORICISMO: TESE, LEGADO, FRAGILIDADE

Autores

  • Estevão de Rezende Martins Professor da Universidade de Brasília.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v7i1.10480

Resumo

Com base na obra de Jörn Rüsen, este artigo propõe um conceito de historicismo. Este é apresentado como concepção que procurou elaborar as categorias mestras da ciência da história, com as quais se entende o passado humano como história, as regras metódicas, com as quais se investiga, e a pretensão pedagógica, com a qual se concretiza.

Palavras-chaves: Historicismo, Jörn Rüsen, história.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-21

Como Citar

MARTINS, E. de R. HISTORICISMO: TESE, LEGADO, FRAGILIDADE. História Revista, Goiânia, v. 7, n. 1, 2010. DOI: 10.5216/hr.v7i1.10480. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/10480. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê