MARCHAS PARA O OESTE, CAMINHOS DA MEMÓRIA

Autores

  • Gilmar Arruda Palavras-chave: Sertão, fronteira, memórias, extremo oeste de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v9i1.10458

Resumo

O presente texto discute os conceitos de fronteira e sertão em São Paulo a partir dos relatórios da Comissão Geográfica e Geológica (1886), encarregada de fazer o mapeamento e descrição da então província. A seguir dialoga com os memorialistas da região do extremo oeste paulista, inclusive com seus familiares.

Palavras-chave: Sertão, fronteira, memórias, extremo oeste de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-19

Como Citar

ARRUDA, G. MARCHAS PARA O OESTE, CAMINHOS DA MEMÓRIA. História Revista, Goiânia, v. 9, n. 1, 2010. DOI: 10.5216/hr.v9i1.10458. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/10458. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê