Contribuições do acompanhamento terapêutico na assistência ao portador de transtorno mental

Autores

  • Aline Cristina Dadalte Carniel Hospital Espírita Vicente de Paulo
  • Luiz Jorge Pedrão Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v12i1.9526

Palavras-chave:

Acompanhantes de pacientes, Terapias alternativas, Enfermagem psiquiátrica.

Resumo

A reforma psiquiátrica possibilitou transformações na assistência à saúde mental e o acompanhamento terapêutico (AT) faz parte dessas transformações. Vem fundamentando suas bases teóricas e sua prática aceita cada vez mais, por preencher as lacunas deixadas pelos tratamentos psiquiátricos tradicionais. O presente estudo objetivou apontar e discutir a contribuição do acompanhamento terapêutico no processo de assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental. Para tanto foi escolhida, junto a uma equipe multiprofissional de um Centro de Atenção Psicossocial de Ribeirão Preto-SP, em 2007, uma usuária com a qual foram realizados dezesseis encontros de AT, cujos conteúdos foram trabalhados segundo o método qualitativo. Os resultados mostraram uma contribuição muito positiva do AT, tais como: resgate da auto-estima; retomada da realização de atividades rotineiras; convívio mais saudável no meio familiar e social e criação de momentos de confronto do estado mental com a realidade, possibilitando modificações no comportamento e melhoria da qualidade de vida. Assim sendo, foi possível considerar que o AT constitui-se em mais uma modalidade terapêutica a contribuir para a assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental e pode ser incluído nos planos terapêuticos dos serviços de assistência à saúde mental, inseridos no contexto da reforma psiquiátrica.

Descritores: Acompanhantes de pacientes; Terapias alternativas; Enfermagem psiquiátrica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Cristina Dadalte Carniel, Hospital Espírita Vicente de Paulo

Psicóloga. Mestre em Enfermagem Psiquiátrica. Psicóloga do Hospital Espírita Vicente de Paulo. Ribeirão Preto, SP.

Luiz Jorge Pedrão, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Enfermeiro. Doutor em Enfermagem. Professor Doutor da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

09/04/2010

Como Citar

1.
Carniel ACD, Pedrão LJ. Contribuições do acompanhamento terapêutico na assistência ao portador de transtorno mental. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 9º de abril de 2010 [citado 25º de maio de 2022];12(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/9526

Edição

Seção

Artigo Original