HISTÓRIAS DE VIDA DE MENINAS COM EXPERIÊNCIA PREGRESSA NAS RUAS: PERSPECTIVAS DO PROCESSO DE INCLUSÃO SOCIAL

Autores

  • Normalene Sena de Oliveira Faculdade de Enfermagem
  • Marcelo Medeiros Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v8i1.935

Resumo

RESUMO: Trata-se de um estudo qualitativo que aborda historia de vida de oito meninas com experiência pregressa nas ruas e seu processo de inclusão social. Apresentamos como objetivos: analisar o significado de reintegração social; identificar as ações pedagógicas da instituição no processo de reintegração social; conhecer o significado e o impacto da recuperação social para meninas com experiência de vida nas ruas. A coleta de dados ocorreu através da entrevista semi-estruturada, diário de campo e observação participante. Os resultados mostram que o resgate e o processo de inclusão social dos sujeitos são possíveis a partir da relação interpessoal do educador com estes em seu meio. Assim, entendemos que apesar de uma história de vida marcada pelo abandono e exclusão social, o despertar de novas perspectivas de vida ocorre devido às ações pedagógicas e o fortalecimento das relações interpessoais entre as meninas e os educadores inseridos neste processo de reintegração social. Palavras-chave: Crianças de Rua, Ajustamento Social, Enfermagem em Saúde Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29/12/2006

Como Citar

1.
Oliveira NS de, Medeiros M. HISTÓRIAS DE VIDA DE MENINAS COM EXPERIÊNCIA PREGRESSA NAS RUAS: PERSPECTIVAS DO PROCESSO DE INCLUSÃO SOCIAL. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 29º de dezembro de 2006 [citado 25º de maio de 2022];8(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/935

Edição

Seção

Artigo Original