AMAMENTAÇÃO: CRENÇAS E MITOS

Autores

  • Ana Luisa Issler Vaucher Faculdade de Enfermagem
  • Solânia Durman Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v7i2.881

Resumo

RESUMO: Este foi um estudo de campo, de natureza descritiva junto à puérpera de uma instituição hospitalar privada da região oeste do estado do Paraná, no período de junho a julho de 2000. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, para tanto utilizamo-nos da entrevista semi-estruturada para a coleta de dados. Os dados foram agrupados em unidades temáticas e analisados conforme MINAYO (1996). Teve como objetivo identificar as crenças da puérpera em relação a amamentação. Inúmeros problemas aparecem decorrentes de crenças, contudo muitas vezes as orientações às puérperas são fragmentadas, ou então estas não as seguem, em função à sua crença e cultura. PALAVRAS CHAVES: Aleitamento Materno; Enfermagem Obstétrica; Família.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26/12/2006

Como Citar

1.
Vaucher ALI, Durman S. AMAMENTAÇÃO: CRENÇAS E MITOS. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 26º de dezembro de 2006 [citado 27º de junho de 2022];7(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/881

Edição

Seção

Artigo Original