Promoção da saúde e trabalho: um ensaio analítico

Autores

  • Cleonice Andréa Alves Cavalcante Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Escola de Enfermagem
  • Jussara Azevedo Bezerra da Nóbrega Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Bertha Cruz Enders Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Escola de Enfermagem
  • Soraya Maria de Medeiros Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Escola de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10i1.8017

Palavras-chave:

Promoção da saúde, Política de saúde, Saúde do trabalhador.

Resumo

Este artigo teve como propósito discutir a articulação entre promoção da saúde e trabalho, na perspectiva de aproximar as práticas em saúde do trabalhador, com o enfoque na promoção da saúde. Para tanto, discutimos a trajetória histórica da promoção da saúde e das políticas de saúde do trabalhador no Brasil, apontando suas dificuldades, limitações e perspectivas. Em seguida, analisamos a temática sob o olhar de diferentes autores que discutem o assunto, no sentido de detectar as novas abordagens e perspectivas da relação promoção da saúde e trabalho propostas. Concluímos que a articulação entre Promoção da Saúde e trabalho não só é viável como extremamente importante no processo de implementação de uma política de saúde do trabalhador, que o considere sujeito ativo e participativo, além de contribuir para diminuir lacunas e encontrar respostas para questões não contempladas pelas atuais práticas em saúde do trabalhador no Brasil.

Palavras chave: Promoção da saúde; Política de saúde; Saúde do trabalhador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01/11/2009

Como Citar

1.
Cavalcante CAA, Nóbrega JAB da, Enders BC, Medeiros SM de. Promoção da saúde e trabalho: um ensaio analítico. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de novembro de 2009 [citado 23º de maio de 2022];10(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/8017

Edição

Seção

Artigo de Atualização