Prática de enfermagem em transplante de células tronco hematopoéticas

Autores

  • Maria Ribeiro Lacerda Universidade Federal do Paraná
  • Joelma Beatriz Girett de Lima Universidade Federal do Paraná
  • Rute Barbosa Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v9i1.7151

Palavras-chave:

Transplante de medula óssea, Enfermagem, Cuidado de Enfermagem.

Resumo

O transplante de células-tronco hematopoética (TCTH) é bastante complexo e requer uma assistência de enfermagem especializada. Desta forma, este texto tem como objetivo descrever de forma reflexiva a prática de enfermagem em transplante de células-tronco hematopoéticas. O papel do enfermeiro no cenário de TCTH é fundamental, envolve muitas responsabilidades no cuidado e inclui apoio aos pacientes e familiares, durante o transplante e na fase de recuperação, pelo monitoramento das alterações de suas condições vitais e realização de uma série de intervenções terapêuticas. O cuidado de enfermagem desenvolvido em STCTH é integral, centrado nas necessidades dos pacientes e na busca por um atendimento global, competente e individualizado. Membro essencial da equipe multidisciplinar, o enfermeiro trabalha junto com os demais profissionais, reunindo experiências e conhecimentos técnicos e científicos, para o benefício dos pacientes e familiares. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06/09/2009

Como Citar

1.
Lacerda MR, Lima JBG de, Barbosa R. Prática de enfermagem em transplante de células tronco hematopoéticas. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 6º de setembro de 2009 [citado 19º de maio de 2022];9(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/7151

Edição

Seção

Artigo de Atualização