Satisfação e insatisfação no trabalho na percepção de enfermeiros de um hospital universitário

Autores

  • Carina Maria Nunes Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein
  • Daisy Maria Rizatto Tronchin Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
  • Marta Maria Melleiro Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
  • Paulina Kurcgant Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v12i2.7006

Palavras-chave:

Satisfação no emprego, Recursos Humanos em Saúde, Enfermagem.

Resumo

O trabalho ocupa lugar central na vida do homem e dependendo da forma como é executado e organizado, demanda ações, no sentido de suprir as necessidades dos trabalhadores, as quais podem gerar sentimentos de satisfação ou insatisfação. Este estudo exploratório-descritivo de abordagem qualitativa, teve por objetivos conhecer os elementos constituintes da satisfação e insatisfação no trabalho e compreender o significado de satisfação e insatisfação na perspectiva de enfermeiros de um hospital público e de ensino no Município de São Paulo. Contou com a participação de dez enfermeiros. Os dados foram coletados no período de abril a julho de 2007, por meio de entrevistas semi-estruturadas e apresentadas na forma de narrativa. Adotou-se o método de Análise de Conteúdo de Bardin para analisar e interpretar as narrativas. Dos achados emergiram as Unidades de Significado que culminaram nas categorias: Satisfação no trabalho, Insatisfação no trabalho e a Dualidade entre Satisfação e Insatisfação no trabalho. Os resultados permitiram identificar os elementos constituintes da satisfação e insatisfação no trabalho, propiciando a implementação de estratégias que impactem na dinâmica organizacional e, ainda, contribuir para a construção de indicadores de qualidade de gerenciamento em recursos humanos.

Descritores: Satisfação no emprego; Recursos Humanos em Saúde; Enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carina Maria Nunes, Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein

Enfermeira, Especialista em Administração de Serviços de Saúde. Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein, São Paulo, SP, Brasil.

Daisy Maria Rizatto Tronchin, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora, Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil.

Marta Maria Melleiro, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora, Escola de Enfermagem, USP. São Paulo, SP, Brasil.

Paulina Kurcgant, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Titular, Escola de Enfermagem, USP. São Paulo, SP, Brasil.

Downloads

Publicado

05/07/2010

Como Citar

1.
Nunes CM, Rizatto Tronchin DM, Melleiro MM, Kurcgant P. Satisfação e insatisfação no trabalho na percepção de enfermeiros de um hospital universitário. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 5º de julho de 2010 [citado 28º de maio de 2022];12(2):252-7. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/7006

Edição

Seção

Artigo Original