Perfil dos recursos humanos das unidades de terapia intensiva neonatal de Cuiabá, MT

Autores

  • Rossana Marchese Bittencourt Universidade Federal do Mato Grosso, Faculdade de Enfermagem
  • Maria Aparecida Gaiva Universidade Federal do Mato Grosso, Faculdade de Enfermagem
  • Michelly Kim de OLiveira Rosa Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá MT

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v12i2.6517

Palavras-chave:

Unidades de Terapia Intensiva Neonatal, Equipe de Enfermagem, Recursos Humanos, Recém-Nascido.

Resumo

A assistência prestada ao recém-nascido em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) é complexa e exige tecnologias e estrutura adequada. Porém, para que efetivamente esta assistência seja de qualidade, torna-se mister recursos humanos altamente capacitados. Este estudo teve como objetivo traçar o perfil dos recursos humanos alocados nas UTIN de Cuiabá/MT. Pesquisa descritiva de caráter quantitativo. Os dados foram coletados em agosto e setembro de 2008, por meio da aplicação de questionário aos profissionais de enfermagem. O conteúdo foi analisado, através de gráficos e tabelas, tomando por base as normatizações para a assistência ao recém-nascido. Os resultados mostraram que os turnos da manhã e da tarde possuem maior número de profissionais de todas as categorias assistenciais; nem todas as UTIN possuem o enfermeiro responsável técnico, o psicólogo e o pediatra diarista todos os dias. Há um percentual considerável de profissionais de enfermagem com jornada de 40 horas semanais. A maioria dos técnicos/auxiliares de enfermagem possui remuneração de um a dois salários mínimos, e os enfermeiros de quatro a cinco salários. Conclui-se que a equipe de enfermagem corresponde a 70% da equipe de saúde e que a maioria dos serviços estudados não possui todos os profissionais recomendados pelas normatizações.

Descritores: Unidades de Terapia Intensiva Neonatal; Equipe de Enfermagem; Recursos Humanos; Recém-Nascido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rossana Marchese Bittencourt, Universidade Federal do Mato Grosso, Faculdade de Enfermagem

Aluna do curso de graduação em Enfermagem, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal do Mato Grosso (UFTM). Cuiabá, MT, Brasil.

Maria Aparecida Gaiva, Universidade Federal do Mato Grosso, Faculdade de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto, Faculdade de Enfermagem, UFTM. Cuiabá, MT, Brasil.

Michelly Kim de OLiveira Rosa, Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá MT

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, Cuiabá, MT, Brasil.

Downloads

Publicado

05/07/2010

Como Citar

1.
Bittencourt RM, Gaiva MA, Rosa MK de O. Perfil dos recursos humanos das unidades de terapia intensiva neonatal de Cuiabá, MT. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 5º de julho de 2010 [citado 28º de maio de 2022];12(2):258-65. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/6517

Edição

Seção

Artigo Original