Perfil cognitivo e associações entre idosos longevos em contexto ambulatorial no Distrito Federal

Autores

  • Henrique Salmazo Silva Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, henriquesalmazo@yahoo.com.br
  • Isabelle Patriciá Freitas Soares Chariglione Universidade de Brasília (UNB), Brasilia, Distrito Federal, Brasil, ichariglione@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-8627-3736
  • Maria Liz Cunha de Oliveira Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, lizcunhad@gmail.com
  • Lucy de Oliveira Gomes Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, lucygomes2006@hotmail.com
  • Clayton Franco Moraes Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília, Distrtito Federal, Brasil, claytonf@ucb.br https://orcid.org/0000-0003-2605-1335
  • Vicente Paulo Alves Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, vicerap@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-1412-830X

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.61878

Palavras-chave:

Idoso de 80 anos ou mais, Cognição, Assistência Integral à Saúde, Atividades Cotidianas

Resumo

Objetivou investigar associações entre o declínio cognitivo de idosos longevos em contexto ambulatorial e variáveis sociodemográficas, desempenho funcional, doenças crônicas, número de hospitalizações e acesso aos serviços de saúde. Foram entrevistados idosos longevos (80 anos e mais) residentes no Distrito Federal, avaliados em contexto ambulatorial por questionários padronizados e pelo Miniexame do Estado Mental (MEEM). Nas análises bivariadas, o declínio cognitivo esteve associado à faixa etária (85 anos e mais), possuir uma ou mais limitações nas atividades básicas de vida diária (ABVD), residir em arranjos domiciliares bi e trigeracionais e ter maior número de hospitalizações no último ano. No modelo logístico múltiplo, permaneceram associados ao declínio cognitivo em longevos as ABVD e as hospitalizações no último ano. Por tratar-se de uma população com maior demanda assistencial de saúde, torna-se necessário delinear medidas de prevenção e a promoção de cuidados de longa duração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Neri AL, Borim FSA, Assumpção D. Octogenários em Campinas: Dados do Fibra 80+. Campinas: Editora Alínea; 2019.

Cesário LMS, Chariglione IPFS. A percepção de familiares cuidadores frente às mudanças ocorridas após um diagnóstico de demência. Rev. bras. geriatr. gerontol. [Internet]. 2018 [acesso em: 27 dez. 2019];21(6):743-54. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-22562018021.180123.

Gutierrez BAO, Silva HS, Guimarães C, Campino AC. Impacto econômico da doença de Alzheimer no Brasil: é possível melhorar a assistência e reduzir custos? Ciênc. saúde coletiva. [Internet]. 2014 [acesso em: 20 dez. 2019];19(11):4479-86. Disponível em: http://doi.org/10.1590/1413-812320141911.03562013.

Prince M, Wimo A, Guerchet M, Ali GC, Wu YT, Prina M. World Alzheimer report 2015 - the global impact of dementia: an analysis of prevalence, incidence, cost and trends. [Internet]. Londres: Alzheimer’s Disease International; 2015 [acesso em: 20 dez. 2019]. 87 p. Disponível em: https://www.alz.co.uk/research/WorldAlzheimerReport2015.pdf.

Phelan EA, Borson S, Grothaus L, Balch S, Larson EB. Association of Incident Dementia With Hospitalizations. JAMA [Internet]. 2012 [acesso em: 20 dez. 2019];307(2):165-72. Disponível em: http://doi.org/10.1001/jama.2011.1964.

Silva HS, Gutierrez BAO. Care complexity in hospitalized elderly according to cognitive performance. Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2019 [acesso em: 27 dez. 2019];72(Suppl 2):134-9. Disponível em: http://doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0357.

Morrisby C, Joosten A, Ciccarelli M. Do services meet the needs of people with dementia and carers living in the community? A scoping review of the international literature. Int Psychogeriatrics [Internet]. 2018 [acesso em: 27 dez. 2019];30(1):5-14. Disponível em: https://doi.org/10.1017/S1041610217001491.

Folle AD, Shimizu HE, Naves JOS. Social representation of Alzheimer’s disease for family caregivers: stressful and rewarding. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2016 [acesso em: 27 dez. 2019];50(1):79-85. Disponível em: http://doi.org/10.1590/S0080-623420160000100011.

Nascimento PPP, Yassuda MS. Cognição. In: Neri AL, Borim FSA, Assumpção D. Octogenários em Campinas: Dados do Fibra 80+. Campinas: Editora Alínea; 2019. p. 57-70.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Sinopse do Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE; 2010.

Katz S, Ford AB, Moskowitz RW, Jackson BA, Jaffe MW. Studies of Illness in the Aged: The Index of ADL: A Standardized Measure of Biological and Psychosocial Function. JAMA [Internet]. 1963 [acesso em: 27 dez. 2019];185(12):914-9. Disponível em: http://doi.org/10.1001/jama.1963.03060120024016.

Brucki SMD, Nitrini R, Caramelli P, Bertolucci PHF, Okamoto IH. Sugestões para o uso do mini-exame do estado mental no Brasil. Arq. Neuro-Psiquiatr. [Internet]. 2003 [acesso em: 27 dez. 2019];61(3B):777-81. Disponível em: http://doi.org/10.1590/S0004-282X2003000500014.

Oliveira MCGM, Salmazo-Silva H, Gomes L, Moraes CF, Alves VP. Elderly individuals in multigenerational households: Family composition, satisfaction with life and social involvement. Estud. psicol. (Campinas). [Internet] 2020 [acesso em: 27 dez. 2019];37:e180081. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1982-0275202037e180081.

Oliveira SFD, Duarte YAO, Lebrão ML, Laurenti R. Demanda referida e auxílio recebido por idosos com declínio cognitivo no município de São Paulo. Saude soc. [Internet]. 2007 [acesso em: 27 dez. 2019];16(1):81-9. Disponível em: http://doi.org/10.1590/S0104-12902007000100008.

Guimarães HC, Cascardo JL, Beato RG, Barbosa MT, Machado TH, Almeida MA, et al. Features associated with cognitive impairment and dementia in a community-based sample of illiterate elderly aged 75+ years: The Pietà study. Dement. neuropsychol. [Internet]. 2014 [acesso em: 27 dez. 2019];8(2):126-31. Disponível em: http://doi.org/10.1590/S1980-57642014DN82000007.

Fuentes P, Albala C. An update on aging and dementia in Chile. Dement. neuropsychol. [Internet]. 2014 [acesso em: 20 dez. 2019];8(4):317-22. Disponível em: http://doi.org/10.1590/S1980-57642014DN84000003.

Falvey JR, Burke RE, Levy CR, Gustavson AM, Price L, Forster JE, et al. Impaired Physical Performance Predicts Hospitalization Risk for Participants in the Program of All-Inclusive Care for the Elderly. Phys Ther [Internet]. 2019 [acesso em: 27 dez. 2019];99(1):28-36. Disponível em: https://doi.org/10.1093/ptj/pzy127.

Zhu CW, Cosentino S, Ornstein K, Gu Y, Andrews H, Stern Y. Use and cost of hospitalization in dementia: longitudinal results from a community-based study. Int J Geriatr Psychiatry [Internet]. 2015 [acesso em: 20 dez. 2019];30(8):833-41. Disponível em: http://doi.org/10.1002/gps.4222.

Harding AJE, Morbey H, Ahmed F, Opdebeeck C, Lasrado R, Williamson PR, et al. What is important to people living with dementia?: the ‘long-list’ of outcome items in the development of a core outcome set for use in the evaluation of non-pharmacological community-based health and social care interventions. BMC Geriatr [Internet] 2019 [acesso em: 27 dez. 2019];19:94. Disponível em: https://doi.org/10.1186/s12877-019-1103-5.

Giacomin KC, Duarte YAO, Camarano AA, Nunes DP, Fernandes D. Care and functional disabilities in daily activities – ELSI-Brazil. Rev. saúde pública [Internet]. 2019 [acesso em: 27 dez. 2019];52(Suppl 2):9s. Disponível em: http://doi.org/10.11606/s1518-8787.2018052000650.

Marcoux V, Chouinard M-C, Diadiou F, Dufour I, Hudon C. Screening tools to identify patients with complex health needs at risk of high use of health care services: A scoping review. PLoS ONE [Internet]. 2017 [acesso em: 20 dez. 2019];12(11):e0188663. Disponível em: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0188663.

Griffith LE, Gruneir A, Fisher K, Panjwani D, Gandhi S, Sheng L, et al. Patterns of health service use in community living older adults with dementia and comorbid conditions: a population-based retrospective cohort study in Ontario, Canada. BMC Geriatr [Internet] 2016 [acesso em: 20 dez. 2017];16:177. Disponível em: https://doi.org/10.1186/s12877-016-0351-x.

Franciulli SE, Ricci NA, Lemos ND, Cordeiro RC, Gazzola JM. A modalidade de assistência Centro-Dia Geriátrico: efeitos funcionais em seis meses de acompanhamento multiprofissional. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2007 [acesso em: 20 dez. 2019];12(2):373-80. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-81232007000200013.

Souza LR, Hanus JS, Dela Libera LB, Silva VM, Mangilli EM, Simões PW, et al. Sobrecarga no cuidado, estresse e impacto na qualidade de vida de cuidadores domiciliares assistidos na atenção básica. Cad. saúde colet. [Internet]. 2015 [acesso em: 27 dez. 2019];23(2):140-9. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1414-462X201500020063.

Costa NRCD, Aguiar MIF, Rolim ILTP, Rabelo RPC, Oliveira DLA, Barbosa YC. Política de saúde do idoso: percepção dos profissionais sobre sua implementação na atenção básica. Rev Pesq Saúde [Internet]. 2015 [acesso em: 20 dez. 2019];16(2):95-101. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/revistahuufma/article/view/4239.

Publicado

21/12/2020

Como Citar

1.
Silva HS, Chariglione IPFS, Oliveira MLC de, Gomes L de O, Moraes CF, Alves VP. Perfil cognitivo e associações entre idosos longevos em contexto ambulatorial no Distrito Federal . Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 21º de dezembro de 2020 [citado 3º de março de 2024];22:61878. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/61878

Edição

Seção

Artigo Original