Professores ainda que enfermeiros: processo identitário de docentes de enfermagem

Autores

  • Daniele Delacanal Lazzari
  • Jussara Gue Martini
  • Sonimary Nunes Arruda
  • Nelson Junior Cardoso da Silva

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v21.57092

Resumo

Objetivou-se compreender as concepc?o?es e identificac?o?es acerca das atividades docentes e formac?a?o para a doce?ncia como parte do processo identita?rio de professores de enfermagem. Estudo descritivo anali?tico, qualitativo. Participaram 18 professores enfermeiros de duas universidades (uma pu?blica e outra privada) da regia?o sul do Brasil. A coleta de dados ocorreu entre os meses de julho e setembro de 2015, por meio de entrevista com roteiro semiestruturado. Para tratamento dos dados foi utilizada a codificac?a?o aberta e axial conforme proposta por Strauss e Corbin, com o auxi?lio do software Atlas ti® 7. Emergiram as seguintes categorias: Ser enfermeira ou estar professora, Escolhas profissionais e Formac?a?o para a doce?ncia: entre a formac?a?o pedago?gica e o experimento cotidiano. Professores de enfermagem se identificam sobretudo com a profissa?o de origem, mediante ause?ncia de formac?a?o para a doce?ncia, com entendimentos distantes dos pressupostos da pedagogia universita?ria, o que e? definidor em seus processos identita?rios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Delacanal Lazzari

Enfermeira, mestre em Educação nas Ciências pela Unijuí/RS.

Publicado

31/12/2019

Como Citar

1.
Delacanal Lazzari D, Gue Martini J, Nunes Arruda S, Cardoso da Silva NJ. Professores ainda que enfermeiros: processo identitário de docentes de enfermagem. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2019 [citado 27º de setembro de 2022];21:57092. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/57092

Edição

Seção

Artigo Original