Entendendo o pacto pela saúde na gestão do SUS e refletindo sua implementação

Autores

  • Rosani Ramos Machado Universidade do Vale do Itajaí
  • Eliani Costa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alacoque Lorenzini Erdmann Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gelson Luiz de Albuquerque Universidade Federal de Santa Catarina
  • Ângela Maria Blatt Ortiga Universidade do Vale do Itajaí

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.46918

Palavras-chave:

Sistema Único de Saúde, Planejamento em saúde, Descentralização

Resumo

Este texto objetiva abordar a concepção do Pacto pela Saúde, ainda que de forma breve, de modo a repassar esta informação aos profissionais da saúde, acompanhada de reflexões e questionamentos. O Pacto pela Saúde é um instrumento que vai produzir mudanças significativas nas normativas do Sistema Único de Saúde (SUS) e comporta três dimensões: Pacto pela Vida, Pacto em Defesa do Sus e Pacto de Gestão. Visa qualificar a gestão pública do SUS para maior efetividade, eficiência e qualidade, e implicam em mudança na descentralização, regionalização, mecanismos de gestão regional e no financiamento do SUS. Levanta-se a posição dos colegiados de secretários municipais e estaduais sobre a implantação do pacto. Em seu processo apresentam-se alguns questionamentos ou dúvidas e enfatizam-se a importância de fortalecer a gestão do SUS, conceitos presentes na Constituição Federal e na Lei Orgânica da Saúde

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosani Ramos Machado, Universidade do Vale do Itajaí

Enfermeira da Secretaria do Estado da Saúde/SC. Docente da Universidade do Vale do Itajaí (SC). Doutoranda do Programa de Pós Graduação de Enfermagem da UFSC. E-mail: rosaniramos@terra.com.br.

Eliani Costa, Universidade Federal de Santa Catarina

Enfermeira da Secretaria de Estado da Saúde / Instituto de Psiquiatria (SC). Membro do Grupo de Estudos de História do Conhecimento da Enfermagem (GEHCE). Doutoranda do Programa de Pós Graduação de Enfermagem da UFSC. E-mail: elianicosta10@terra.com.br

Alacoque Lorenzini Erdmann, Universidade Federal de Santa Catarina

Enfermeira. Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora Titular da UFSC. Pesquisadora e Representante da Área da Enfermagem no CNPq. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Administração de Enfermagem e Saúde. E-mail: alacoque@newsite.com.br

Gelson Luiz de Albuquerque, Universidade Federal de Santa Catarina

Enfermeiro, Doutor em Filosofia da Enfermagem, Professor Adjunto da UFSC, Pesquisador do GEPADES – Grupo de Estudos e Pesquisas em Administração de Enfermagem e Saúde. E-mail: gelsonalbuquerque@yahoo.com.br

Ângela Maria Blatt Ortiga, Universidade do Vale do Itajaí

Enfermeira da Secretaria do Estado da Saúde/SC. Docente da Universidade do Vale do Itajaí (SC). Mestre em Saúde Pública pela UFSC. E-mail: angelablatt@univali.br

Downloads

Publicado

01/06/2017

Como Citar

1.
Machado RR, Costa E, Erdmann AL, Albuquerque GL de, Ortiga Ângela MB. Entendendo o pacto pela saúde na gestão do SUS e refletindo sua implementação. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de junho de 2017 [citado 28º de maio de 2022];11(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/46918

Edição

Seção

Artigo de Atualização