Comparando o comportamento sexual de cegos e cegas diante das DSTs

Autores

  • Kariane Gomes Cezario Universidade Federal do Ceará
  • Monaliza Ribeiro Mariano Universidade Federal do Ceará
  • Lorita Marlena Freitag Pagliuca Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10.46617

Palavras-chave:

Portadores de deficiência visual, Doenças sexualmente transmissíveis, Comportamento sexual, Enfermagem

Resumo

Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) podem ser prevenidas por meio do comportamento e do sexo seguro. Objetivou-se compreender o comportamento de cegos e cegas diante da problemática das DSTs, comparando semelhanças e diferenças. Estudo descritivo realizado em uma associação de cegos de Fortaleza, entre setembro e novembro de 2005, com sete cegos e quatro cegas acima de 18 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista utilizando-se questão norteadora e o tratamento destes deu-se via análise de conteúdo. Os dados foram organizados em dois temas: Uso do preservativo e Conhecimentos sobre saúde sexual. Quanto ao uso do preservativo para o sexo masculino, as alterações na sensibilidade, dificuldades práticas de uso e a confiança na parceira são causas de não uso, apesar da consciência sobre as DSTs. Entre as cegas, as causas são a confiança no parceiro justificada pelo não uso do preservativo, mas adotado pelo medo de gravidez indesejada. O tema Conhecimentos em saúde sexual confirma a superficialidade e presença de tabus e mitos para os dois sexos. Tais resultados alertam para a necessidade de iniciativas com enfoque na promoção da saúde de maneira acessível a esta população também exposta a fatores de risco para DSTs/AIDS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kariane Gomes Cezario, Universidade Federal do Ceará

Bolsista PIBIC/UFC. Estudante de Enfermagem. Fortaleza/Ceará. E-mail: kariane_gomes@yahoo.com.br

Monaliza Ribeiro Mariano, Universidade Federal do Ceará

Bolsista PIBIC/UFC. Estudante de Enfermagem. Fortaleza/Ceará. E-mail: monalizamariano@yahoo.com.br

Lorita Marlena Freitag Pagliuca, Universidade Federal do Ceará

Enfermeira, Doutora, Professora Titular da UFC, Pesquisadora CNPq. Fortaleza/Ceará. E-mail: pagliuca@ufc.br

Downloads

Publicado

04/05/2017

Como Citar

1.
Cezario KG, Mariano MR, Pagliuca LMF. Comparando o comportamento sexual de cegos e cegas diante das DSTs. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 4º de maio de 2017 [citado 27º de maio de 2022];10(3). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/46617

Edição

Seção

Artigo Original