Oficinas para o desenvolvimento da prática baseada em evidências entre lideranças de enfermagem: estudo piloto

  • Fernanda Carolina Camargo Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Hospital de Clínicas
  • Gilberto de Araújo Pereira Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Helena Hemiko Iwamoto Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Lourraine Tavares Lorena Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Mayla Borges Goulart Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Hospital de Clínicas
  • Divanice Contim Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Palavras-chave: Enfermagem Baseada em Evidências, Prática Clínica Baseada em Evidências, Liderança, Hospitais de Ensino

Resumo

O objetivo desse estudo foi analisar a efetividade de oficinas motivacionais para implementação da Prática Baseada em Evidências (PBE) entre lideranças de enfermagem. Estudo piloto, quase experimental do tipo antes e depois, realizado em hospital público de ensino. Foram aplicados Evidence-Based Practice Questionnaire e The Barriers to Research Utilization Scale e analisadas diferenças de médias por teste T-Student para amostras pareadas ou teste de Wilcoxon para dados não paramétricos. Apesar de apresentarem atitudes favoráveis à PBE, as oficinas não foram efetivas na ampliação de competências (média inicial =109,8; média final =107 p=0,58). Porém, reduziram de forma significativa a percepção das barreiras (média inicial =73,2; média final =66,6 p<0,10), sendo as principais relacionadas à falta de autoridade para propor mudanças e sobrecarga de trabalho. Foi observada efetividade da intervenção para motivação. Encoraja-se o desenvolvimento de novas pesquisas que avaliem a incorporação dessa prática nas unidades chefiadas por líderes de enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fernanda Carolina Camargo, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Hospital de Clínicas
Enfermeira, Doutora em Atenção à Saúde. Enfermeira da Vigilância Epidemiológica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: fernandaccamargo@yahoo.com.br.
Gilberto de Araújo Pereira, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Estatístico, Doutorado em Estatística. Professor Adjunto da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: pereira_gilberto@yahoo.com.br.

Helena Hemiko Iwamoto, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Enfermeira, Doutora em Enfermagem Fundamental. Professora Associada da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: helena.iwamoto@gmail.com.

Lourraine Tavares Lorena, Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Discente do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: lourraine16@hotmail.com.
Mayla Borges Goulart, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Hospital de Clínicas

Enfermeira. Técnico em Enfermagem do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: maylagoulart@hotmail.com.

Divanice Contim, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: d.contim@uol.com.br.

Publicado
31-12-2017
Como Citar
Camargo, F. C., Pereira, G. de A., Iwamoto, H. H., Lorena, L. T., Goulart, M. B., & Contim, D. (2017). Oficinas para o desenvolvimento da prática baseada em evidências entre lideranças de enfermagem: estudo piloto. Revista Eletrônica De Enfermagem, 19. https://doi.org/10.5216/ree.v19.43803
Seção
Artigo Original