Atenção a crianças e adolescentes vítimas de violência intrafamiliar por enfermeiros em serviços de pronto-atendimento

Autores

  • Angélica Malman Thomazine
  • Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Unioeste
  • Cláudia Silveira Viera Unioeste

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11i4.33237

Palavras-chave:

Criança, Adolescente, Violência doméstica, Enfermagem

Resumo

A violência intrafamiliar trata-se da forma mais complexa e velada de violência contra a criança e o adolescente, pois a convivência com o agressor é diária. O profissional da saúde tem o dever ético e legal de denunciá-la, para isso precisa conhecê-la. Objetivamos identificar de que forma acontece o atendimento de enfermagem as crianças e aos adolescentes vítimas de violência intrafamiliar nos serviços de pronto-atendimento de instituições de saúde conveniadas ao SUS no município de Cascavel-Paraná, no que diz respeito à identificação dos casos e as medidas de notificação. Pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória, com enfermeiros, cujos dados foram obtidos por meio da entrevista semi-estruturada e analisados seguindo-se as regras para análise temática. Encontramos que os enfermeiros conseguiam identificar/suspeitar de violência intrafamiliar no atendimento de crianças/adolescentes vitimizados, porém, poucos realizaram a notificação, mesmo sendo um dever legal e ético. Faz-se necessário a implementação de um protocolo de atendimento, o qual defina claramente o papel de cada membro, instituição, órgão governamental, setores da sociedade civil e profissionais no atendimento e prevenção da violência, construindo-se uma rede hierarquizada, articulada e contínua de ações, além de capacitações continuadas da equipe e possíveis mudanças na rotina, estrutura e no ambiente de atendimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angélica Malman Thomazine

Enfermeira. Cascavel, PR. E-mail: angimth@gmail.com.

Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira, Unioeste

Enfermeira. Mestre em Enfermagem Fundamental, doutoranda no Programa de Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Docente do curso de Enfermagem da Unioeste, Campus de Cascavel. Cascavel, PR. E-mail: brosana@unioeste.br.

Cláudia Silveira Viera, Unioeste

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Curso de Enfermagem da Unioeste, Campus de Cascavel. Cascavel, PR. E-mail: claudiavictor@terra.com.br.

Downloads

Publicado

31/12/2009

Como Citar

1.
Thomazine AM, Oliveira BRG de, Viera CS. Atenção a crianças e adolescentes vítimas de violência intrafamiliar por enfermeiros em serviços de pronto-atendimento. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2009 [citado 26º de junho de 2022];11(4):830-40. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/33237

Edição

Seção

Artigo Original