Compreensão da violência escolar para os atores sociais de uma instituição de ensino

Autores

  • Verônica Borges Kappel Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Daniela Tavares Gontijo Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências da Saúde
  • Marcelo Medeiros Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem
  • Luciane Soares Lima Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências da Saúde

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v17i2.29136

Palavras-chave:

Violência, Saúde Escolar, Criança, Adolescente, Saúde Pública

Resumo

Objetivou-se compreender a violência escolar na perspectiva dos diferentes atores de uma instituição de ensino, no que se refere às manifestações, causas e consequências. Pesquisa qualitativa cujos dados foram obtidos por entrevistas com 27 atores de uma escola pública e submetidos à análise de conteúdo temática. Das falas emergiram as categorias Manifestações da Violência Escolar e Causas e Consequências da Violência Escolar. Os participantes destacaram fatos nos quais se configuravam como vítimas e apontaram manifestações da violência “na”, “da” e “à” escola. Relacionaram a gênese da violência aos aspectos relacionais/sociais e, as consequências aos agressores, às vítimas e à própria escola. A compreensão da violência escolar a partir da perspectiva dos diferentes atores possibilitou compreender a complexidade do fenômeno e a importância do desenvolvimento de ações não apenas de profissionais da área da Educação, mas sim de equipes multiprofissionais e intersetoriais visando a prevenção e enfrentamento da violência escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verônica Borges Kappel, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Terapeuta Ocupacional, Mestre em Atenção à Saúde. Discente do Programa de Pós-Graduação em Atenção à Saúde, nível Doutorado, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Uberaba, MG, Brasil. E-mail: tokappel@gmail.com.

Daniela Tavares Gontijo, Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências da Saúde

Terapeuta Ocupacional, Doutora em Ciências da Saúde. Professora Adjunta do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Recife, PE, Brasil. E-mail: danielatgontijo@gmail.com.

Marcelo Medeiros, Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Titular da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás. Goiânia, GO, Brasil. E-mail: marcelo@ufg.br.

Luciane Soares Lima, Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências da Saúde

Enfermeira, Doutorado em Ciências da Saúde. Professora Titular do Centro de Ciências da Saúde da UFPE. Recife, PE, Brasil. E-mail:  luciane.lima@globo.com

Publicado

30/06/2015

Como Citar

1.
Kappel VB, Gontijo DT, Medeiros M, Lima LS. Compreensão da violência escolar para os atores sociais de uma instituição de ensino. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de junho de 2015 [citado 27º de maio de 2022];17(2):257-68. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/29136

Edição

Seção

Artigo Original