Percepção de homens hipertensos e diabéticos sobre a assistência recebida em Unidade Básica de Saúde

Autores

  • Rosineide Santana de Brito Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Danyelle Leonette Araújo dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v13i4.12866

Palavras-chave:

Enfermagem em Saúde Pública, Saúde do Homem, Doença Crônica.

Resumo

Estudo qualitativo cujo objetivo foi identificar a percepção de homens a respeito do programa para controle da hipertensão arterial e diabetes mellitus em que estão cadastrados. Participaram da investigação 14 homens adscritos em território de abrangência da Estratégia Saúde da Família, na cidade de Parnamirim-RN, Brasil. A coleta de dados ocorreu no período de maio a julho de 2010, por meio de entrevista semiestruturada. Os depoimentos foram trabalhados de acordo com a Análise de Conteúdo, na modalidade de Análise Temática, segundo Bardin. Os resultados revelaram opiniões positivas sobre o referido programa, devido ao atendimento dispensado pelos profissionais e a oferta gratuita de medicamentos. Observou-se, contudo, ausência dos entrevistados em atividades educativas em grupos para hipertensos e diabéticos. Constatou-se a necessidade de promover ações preventivas junto à população masculina quando ela busca o serviço, a fim de despertá-la para práticas de autocuidado.

Descritores: Enfermagem em Saúde Pública; Saúde do Homem; Doença Crônica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosineide Santana de Brito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeiro, Doutora em Enfermagem. Professora Associada, EEN, UFRN. Natal, RN, Brasil. E-mail: rosineide@ufrnet.br.

Danyelle Leonette Araújo dos Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Discente do curso de graduação em Enfermagem, EEN, UFRN. Bolsista REUNI de Iniciação Científica. Natal, RN, Brasil. E-mail: danyleonette@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/12/2011

Como Citar

1.
Brito RS de, Santos DLA dos. Percepção de homens hipertensos e diabéticos sobre a assistência recebida em Unidade Básica de Saúde. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2011 [citado 24º de maio de 2022];13(4):639-47. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/12866

Edição

Seção

Artigo Original