O ensino da Sistematização da Assistência na perspectiva de professores e alunos

Autores

  • Candida Custódio da Silva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Francine Lima Gelbcke Universidade Fereal de Santa Catarina, Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago
  • Betina Horner Schlindwein Meirelles Universidade Fereal de Santa Catarina
  • Cecília Arruda Universidade Fereal de Santa Catarina, Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago
  • Suelen Goulart Universidade Fereal de Santa Catarina
  • Ana Isabel Jatobá de Souza Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v13i2.12390

Resumo

Trata-se de pesquisa descritiva desenvolvida com professores e alunos de um Curso de Graduação em Enfermagem do sul do Brasil, com o objetivo de identificar a percepção destes acerca do ensino sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). A coleta de dados ocorreu de março a agosto de 2008, envolvendo 29 sujeitos: 10 professores e 19 alunos, sendo aplicado instrumento com questões abertas e fechadas, que foram agrupadas por semelhança. A análise dos dados levou a discussão das seguintes categorias: conhecimento sobre a SAE, facilidades e dificuldades no ensino da SAE e sugestões para o processo. Existem dicotomias no ensino da SAE e para viabilizar a utilização deste instrumento na prática cotidiana, dando respaldo científico à profissão. O conhecimento insuficiente acerca da SAE torna-se uma barreira para a implantação, adesão e execução desta nas instituições de saúde. A SAE traz reconhecimento social e visibilidade profissional à Enfermagem.

Descritores: Educação em enfermagem; Processos de enfermagem; Ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Candida Custódio da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina

Acadêmica do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC, Brasil. E-mail:candi.custodio@gmail.com.

Francine Lima Gelbcke, Universidade Fereal de Santa Catarina, Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professor Assistente, UFSC. Diretora de Enfermagem, Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago/UFSC. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: fgelbcke@ccs.ufsc.br.

Betina Horner Schlindwein Meirelles, Universidade Fereal de Santa Catarina

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professor Assistente, UFSC. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: betinam@ccs.ufsc.br.

Cecília Arruda, Universidade Fereal de Santa Catarina, Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago

Enfermeira, Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, UFSC. Enfermeira do Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago/UFSC. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: cecillia_arruda@hotmail.com.

Suelen Goulart, Universidade Fereal de Santa Catarina

Enfermeira, Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, UFSC. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: suelengoulart07@hotmail.com.

Ana Isabel Jatobá de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professor Adjunto, UFSC. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: jatoba@ccs.ufsc.br.

Downloads

Publicado

30/06/2011

Como Citar

1.
Silva CC da, Gelbcke FL, Meirelles BHS, Arruda C, Goulart S, Souza AIJ de. O ensino da Sistematização da Assistência na perspectiva de professores e alunos. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de junho de 2011 [citado 19º de maio de 2022];13(2):174-81. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/12390

Edição

Seção

Artigo Original