Práticas corporais e atividades físicas como política pública de Saúde: desafios para avançar na atenção primária do Sistema Único de Saúde no período de 2023 a 2026

CHALLENGES TO ADVANCE IN PRIMARY CARE IN THE UNIFIED HEALTH SYSTEM IN THE PERIOD FROM 2023 TO 2026

Autores

  • Fabio Fortunato Brasil de Carvalho Instituto Nacional de Câncer / Ministério da Saúde, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil fabiofbcarvalho@gmail.com
  • Leonardo Araújo Vieira Serviço de Orientação ao Exercício (SOE) / Prefeitura Municipal de Vitória, Vitória, Espírito Santo, Brasil lcaramuru@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-4382-9719

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v26.75847

Palavras-chave:

Agenda de Prioridades em Saúde;, Governo federal; Administração em Saúde Pública

Resumo

As práticas corporais e atividades físicas (PCAF) estão relacionadas à saúde individual e coletiva. Considerando que no último ciclo governamental federal (2019-2022) houve medidas de austeridade fiscal, com consequências para o Sistema Único de Saúde (SUS) e para os programas e ações de PCAF, esse ensaio tem o objetivo de apresentar desafios para que essas práticas avancem como política pública de saúde no ciclo governamental federal de 2023-2026. Destacam-se: a) financiamento; b) vigilância; c) educação, formação e pesquisa; d) comitê participativo; e) política nacional. Espera-se que as proposições fomentem um amplo debate que favoreça a ampliação da oferta na Atenção Primária à Saúde do SUS, buscando efetivar o direito às PCAF, contribuindo para o cuidado integral em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Fortunato Brasil de Carvalho, Instituto Nacional de Câncer / Ministério da Saúde, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil fabiofbcarvalho@gmail.com

Professor de Educação Física, especialista e mestre em Saúde Pública. Possuo experiência em gestão da Atenção Básica, Promoção da Saúde, Educação Física escolar e gestão de academias.

Leonardo Araújo Vieira, Serviço de Orientação ao Exercício (SOE) / Prefeitura Municipal de Vitória, Vitória, Espírito Santo, Brasil lcaramuru@gmail.com

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Vila Velha, gradução em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo e mestrado em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo. Atua como Profissional de Educação Física da Secretaria Municipal de Saúde de Vitória na gestão de programas de promoção da saúde e na vigilância epidemiológica de doenças e agravos não transmissíveis. Tem experiência na área de atividade física e saúde, com ênfase em envelhecimento humano, epidemiologia e avaliação de políticas de saúde.

Downloads

Publicado

2023-11-20

Como Citar

FORTUNATO BRASIL DE CARVALHO, F.; ARAÚJO VIEIRA, L. Práticas corporais e atividades físicas como política pública de Saúde: desafios para avançar na atenção primária do Sistema Único de Saúde no período de 2023 a 2026: CHALLENGES TO ADVANCE IN PRIMARY CARE IN THE UNIFIED HEALTH SYSTEM IN THE PERIOD FROM 2023 TO 2026. Pensar a Prática, Goiânia, v. 26, 2023. DOI: 10.5216/rpp.v26.75847. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/75847. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Ensaios