O CORPO NA DANÇA: UMA REFLEXÃO A PARTIR DOS OLHARES DA INDÚSTRIA CULTURAL

Autores

  • Marília Nepomuceno Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v13i1.7581

Palavras-chave:

Corpo, Dança, Indústria Cultural

Resumo

O objetivo da pesquisa é compreender como a Indústria Cultural influencia os movimentos dançantes dos freqüentadores dos espaços informais de danças de Goiânia, sendo esses espaços compreendidos como os locais onde algumas pessoas se reúnem para dançar e desenvolver atividades de lazer.  Realizou-se uma pesquisa de caráter qualitativo, com questionários semi estruturado e observações nesses locais, com o intuito de responder o seguinte questionamento: Como a indústria cultural influencia o corpo dos indivíduos que dançam nos espaços informais de Goiânia? Através dos resultados percebe-se que a indústria cultural vem se mostrando bastante eficaz na função de desacostumar os indivíduos de expressarem suas subjetividades.

Palavras-chaves: Corpo. Dança. Indústria Cultural

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Nepomuceno, Universidade Estadual de Goiás

Graduada em Educação Física pela universidade Estadual de Goiás/ESEFFEGO. Professora de dança na secretaria estadual de educação de Goiás. Integrante do COEESA, grupo de pesquisa da UEG.

Publicado

2010-05-05

Como Citar

NEPOMUCENO, M. O CORPO NA DANÇA: UMA REFLEXÃO A PARTIR DOS OLHARES DA INDÚSTRIA CULTURAL. Pensar a Prática, Goiânia, v. 13, n. 1, 2010. DOI: 10.5216/rpp.v13i1.7581. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/7581. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais