UM ESTUDO HISTÓRICO SOBRE A TORCIDA DO ‘GRÊMIO ESPORTIVO RENNER’ DE PORTO ALEGRE/RS (1945-1959)

Autores

  • Lucas Guimarães Rechatiko Horn Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Janice Zarpellon Mazo Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v12i2.6029

Palavras-chave:

Grêmio Esportivo Renner, futebol, torcida.

Resumo

O fenômeno sociocultural das torcidas de futebol no Brasil é um assunto privilegiado nos debates atuais sobre o esporte. Contudo, ainda se carece de pesquisas que focalizem as torcidas dos clubes de futebol do ponto de vista histórico. Na perspectiva da história cultural, o presente estudo tem como objetivo identificar quais as formas de manifestação da torcida do Grêmio Esportivo Renner de 1945 até 1959. Para tanto, foram coletadas fontes impressas, as quais foram submetidas à análise documental, destacando-se como principais os boletins produzidos pelas empresas Renner, um filme documentário sobre o time e um estudo monográfico sobre o clube. Dados apontam o ‘Renner’ como um dos clubes pioneiros no processo de formação de torcidas organizadas no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Guimarães Rechatiko Horn, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Acadêmico do curso de Licenciatura em Educação Física e bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) da Escola de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

 

Janice Zarpellon Mazo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Doutora em Educação Física e tutora do Programa de Educação Tutorial (PET) da Escola de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Downloads

Publicado

2009-08-26

Como Citar

HORN, L. G. R.; MAZO, J. Z. UM ESTUDO HISTÓRICO SOBRE A TORCIDA DO ‘GRÊMIO ESPORTIVO RENNER’ DE PORTO ALEGRE/RS (1945-1959). Pensar a Prática, Goiânia, v. 12, n. 2, 2009. DOI: 10.5216/rpp.v12i2.6029. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/6029. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais