As experiências corporais de mulheres que jogam futsal: família, grupo de pares, escolinhas esportivas

  • Andressa Perkovski Follmann Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul-UNIJUÍ
  • Maria Simone Vione Schwegber Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul-UNIJUÍ
  • Caterine de Moura Brachtvogel Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul-UNIJUÍ
Palavras-chave: Esportes, Mulheres, Experiências.

Resumo

Há pesquisas na produção científica brasileira apontando que as mulheres brasileiras têm experiências corporais e esportivas frágeis. Desafiamo-nos a compreender as experiências corporais e esportivas de um grupo de mulheres que jogam futsal. Lançamos a seguinte pergunta: como se constituíram e se mantêm as experiências corporais desse grupo de mulheres? Os dados foram produzidos mediante entrevistas semiestruturadas com três mulheres que jogam futsal regularmente e analisados por meio da metodologia de Análise de Conteúdo. As experiências corporais dessas mulheres foram constituídas a partir do que chamamos de pontos de apoio: a família, a rua, o grupo de pares, as aulas de educação física escolar, as escolinhas esportivas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Perkovski Follmann, Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul-UNIJUÍ

Graduada em Educação Física-Licenciatura pela Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul- UNIJUÍ.

Mestra em Educação nas Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências Mestrado e Doutorado-UNIJUÍ.

Maria Simone Vione Schwegber, Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul-UNIJUÍ
Professora Doutora do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ.
Caterine de Moura Brachtvogel, Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul-UNIJUÍ
Professora de Educação Física. Mestra em Educação nas Ciências. Doutoranda em Educação nas Ciências. Bolsista CAPES. 
Publicado
17-04-2020
Como Citar
Follmann, A. P., Schwegber, M. S. V., & Brachtvogel, C. de M. (2020). As experiências corporais de mulheres que jogam futsal: família, grupo de pares, escolinhas esportivas. Pensar a Prática, 23. https://doi.org/10.5216/rpp.v23.54645
Seção
Artigos Originais