A CORPOREIDADE DE CATÓLICOS DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA: UMA ANÁLISE DAS TÉCNICAS CORPORAIS

Autores

  • Letícia Rodrigues Teixeira e Silva Mestre em Educação Física pela Universidade de Brasília Doutoranda em Educação Física pela Universidade de Brasília
  • Thaís de Queiroz e Silva Mestre em Educação Física pela Universidade de Brasília
  • Dulce Filgueira de Almeida Doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília Professora Associada da Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v21i3.49149

Palavras-chave:

Corporeidade, Técnicas corporais, Dança, Religião.

Resumo

O artigo problematiza a intercessão entre as práticas corporais e a religiosidade. Nosso objetivo foi entender as práticas corporais religiosas expressas por meio de um conjunto de técnicas corporais na corporeidade de jovens carismáticos. A pesquisa, de inspiração etnográfica, utilizou como técnicas a observação direta e a entrevista. Os sujeitos foram participantes do Grupo Ágape, de Goiânia-GO. Os resultados apontaram que o significado da corporeidade dos jovens evidencia técnicas corporais de diversas naturezas e tem por objetivo a busca pela conexão entre o material – físico/corpóreo e o sagrado – imaterial/Deus. Concluiu-se que é por meio da corporeidade que os jovens do Ágape estabelecem processos de interação social e de busca pelo sagrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Rodrigues Teixeira e Silva, Mestre em Educação Física pela Universidade de Brasília Doutoranda em Educação Física pela Universidade de Brasília

Estudante do programa pós graduação stricto-sensu (doutorado) da Universidade de Brasília. Licenciada no curso de Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás (2011) e mestre pela Universidade de Brasília (2015). É membro do NECON (Núcleo de Estudos do Corpo e Natureza), que é vinculado a Rede Cedes da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Educação Física, estabelecendo trabalhos interdisciplinares com a educação e as ciências sociais (sociologia e antropologia), atuando principalmente nos seguintes temas: corporeidade, práticas corporais e produção do conhecimento.

Thaís de Queiroz e Silva, Mestre em Educação Física pela Universidade de Brasília

Possui graduação em Comunicação Social (2000) e Educação Física (2011) pela Universidade de Brasília. É certificada (2009) em Core Energetics pela UniPaz-DF e pelo Institute of Core Energetics de Nova York; e em (2012) Counselor in Pathwork pelo New York Region Pathwork. É certificada em "TRE - Exercícios para a liberação das tensões e traumas" (2010). Proponente e professora do curso "Viver Core Energetics", curso de extensão da UnB em 2013 e 2016. Atualmente é mestre (2014) pela da Faculdade de Educação Física (UnB), membro do NECON - grupo de estudo do corpo e natureza, e professora da formação em terapia corporal Core Energetics na UniPaz - DF.

Dulce Filgueira de Almeida, Doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília Professora Associada da Universidade de Brasília

Realizou Pós-Doutorado na Universidade de Maryland/US (2014/2015 - bolsa CNPq) e na Universidade de Salamanca/ES (2007 - bolsa CAPES). Possui doutorado em Sociologia pela Universidade de Brasília (2001). Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (1996); Bacharelado em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (1993) e Bacharelado em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba (1994). É Professora Associada IV da Universidade de Brasília, atuando na Faculdade de Educação Física. Coordena o Núcleo de Estudos do Corpo e Natureza, Necon, vinculado à Rede Cedes do Distrito Federal. Desenvolve e orienta pesquisas com sobre a temática: corpo, cultura e sociedade.

Downloads

Publicado

2018-09-28

Como Citar

SILVA, L. R. T. e; SILVA, T. de Q. e; ALMEIDA, D. F. de. A CORPOREIDADE DE CATÓLICOS DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA: UMA ANÁLISE DAS TÉCNICAS CORPORAIS. Pensar a Prática, Goiânia, v. 21, n. 3, 2018. DOI: 10.5216/rpp.v21i3.49149. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/49149. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais