A RELAÇÃO DO FUNK COM A CULTURA ESCOLAR: ENTRE DILEMAS E TENSÕES

Autores

  • Fernanda Xavier Universidade Federal do Espírito-Santo
  • Felipe Quintão Almeida UFES
  • Ivan Gomes UFES

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v21i3.46910

Resumo

RESUMO

O objetivo deste estudo foi entender os elementos que dão visibilidade e invisibilidade ao funk dentro de um ambiente escolar. Para tanto, esta pesquisa desenvolveu-se em uma escola de um bairro periférico do município de Serra (Espírito Santo). O método adotado teve um caráter etnográfico, sendo os dados coletados através de observações diretas e indiretas, registros em diário de campo e entrevistas semiestruturadas. Tais procedimentos foram aplicados com os sujeitos centrais da investigação, representados nas figuras dos alunos e do corpo docente. Os resultados mostraram a existência de conflitos e entraves dentro da escola investigada, no que se refere à sua relação com o funk.

Palavras-chave: Juventude. Funk. Escola.

 

LA RELACIÓN DEL FUNK CON LA CULTURA ESCOLAR: ENTRE DILEMAS Y TENSIONES

 

RESUMEN

El objetivo de este trabajo fue entender los elementos que dan visibilidad e invisibilidad al funk dentro del ambiente escolar. Esta investigación se desarrolló en una escuela de un barrio periférico del município de Serra (Espírito-Santo). El método adoptado tuvo un carácter etnográfico, con los datos recogidos por medio de observaciones directas e indirectas, registros en diario de campo y entrevistas semiestructuradas. Tales procedimientos fueron aplicados con los sujetos centrales de la investigación, representados por los alumnos y cuerpo docente. Los resultados demuestran la existencia de conflictos y tensiones en el interior de la escuela estudiada, en lo que se refiere a su relación con el funk.

Palabras-clave: Juventud. Funk. Escuela.

 

THE RELATIONSHIP OF FUNK WITH SCHOOL CULTURE: BETWEEN DILEMMAS AND TENSIONS

 

ABSTRACT

This study aimed to understand the elements that give visibility and invisibility to funk within a school environment. In order to achieve this goal, a field research was conducted in a school located in the outskirts of Serra (Espírito Santo, Brazil). Following an ethnographic approach, data were collected through direct and indirect observations, records in field journal and semi-structured interviews. These procedures were used with the central research subjects, namely the students and teachers. The results showed the existence of conflicts and obstacles within the investigated school regarding its relation with funk.

Key words: Youth. Funk. School.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Xavier, Universidade Federal do Espírito-Santo

Licenciada e Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo. Desde 2014 atua como professora de Educação Física no ensino fundamental da rede estadual de ensino do Espírito Santo

Felipe Quintão Almeida, UFES

Graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Doutorado em Educação pela mesma instituição (2009). Licenciando em Filosofia da Universidade Federal do Espírito Santo (2011). Tem experiência na área de Educação e Educação Física, com ênfase em: educação física escolar e epistemologia da educação física. É editor adjunto da Revista Brasileira de Ciências do Esporte (RBCE) e do Cadernos de Formação RBCE. Foi Secretário Estadual do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte no Espírito Santo (gestão 2010-2012). Atuou como vice-secretário entre 2012-2013. Foi Coordenador adjunto do Grupo de Trabalho Temático Epistemologia, do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, na gestão 2011-2013 (CBCE). É Diretor Científico do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (2013-2017). Bolsista Pesquisador da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito-Santo (FAPES). 

Ivan Gomes, UFES

possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (1994), mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (2000) e doutorado em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008). Atualmente é professor efetivo do Centro de Educação Física e Desportos na Universidade Federal do Espírito Santo. Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF/CEFD/UFES). Bolsista Pesquisador Capixaba (Edital FAPES 04/2015). Tem experiência na área de educação física, atuando principalmente nos seguintes temas: corpo, educação, educação física e saúde. (Texto informado pelo autor)


Downloads

Publicado

2018-09-28

Como Citar

XAVIER, F.; ALMEIDA, F. Q.; GOMES, I. A RELAÇÃO DO FUNK COM A CULTURA ESCOLAR: ENTRE DILEMAS E TENSÕES. Pensar a Prática, Goiânia, v. 21, n. 3, 2018. DOI: 10.5216/rpp.v21i3.46910. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/46910. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais