FINANCIAMENTO PÚBLICO NO ESPORTE: OS REPASSES DO ESTADO DE SANTA CATARINA PARA PROJETOS NA MESORREGIÃO GRANDE FLORIANÓPOLIS (2007-2014)

Autores

  • Ricardo Teixeira Quinaud Universidade Federal de Santa Catarina Endereço: Avenida Vinícius de Moraes, n82, Córrego Grande, Florianópolis, Santa Catarina 88037-240 (48)99821-7860
  • Bárbara Schausteck de Almeida Centro Universitário Internacional, Curitiba, Paraná, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v21i2.46064

Palavras-chave:

Esportes, Políticas públicas, Financiamento.

Resumo

Este artigo propõe uma leitura dos repasses do fundo estadual de esporte de Santa Catarina (FUNDESPORTE) para a mesorregião Grande Florianópolis. Mais especificamente, busca-se caracterizar a demanda de propostas submetidas e aprovadas com esses recursos, considerando sua divisão por ano, para os diferentes programas e para os tipos de entidades favorecidas, no período de 2007 a 2014. Em diálogo com a literatura nacional no assunto, destaca-se que: essa mesorregião é privilegiada, em comparação aos números populacionais e econômicos no estado; houve uma prioridade de submissão e maior volume de recursos para atletas ou equipes, infraestrutura e eventos; entidades privadas e pessoas físicas submetem mais propostas, sendo que essa demanda rege, até certo ponto, as finalidades dessa política.

This article proposes an interpretation on the transferrings from the Santa Catarina state sport fund (FUNDESPORTE) to the mesoregion of Grande Florianópolis. Especifically, it characterizes the demand on the submitted and approved proposals, considering the division by year, according to the different programs and the types of organizations between 2007 and 2014. Through a dialogue with the Brazilian literature, it is highlighted: the mesoregion is privileged statewise, compared to its population and economy; higher demand on proposals and more resources were given to athletes or teams, facilities and events; private organizations and individuals sent more proposals, whereas this demand rules the objectives of this policy.

El artículo propone una lectura de los envíos de recursos desde el fundo de deporte del estado de Santa Catarina (FUNDESPORTE) para la mesorregión Grande Florianópolis. Específicamente, él caracteriza la demanda de propuestas sometidas y aprobadas, considerando la división por año, por los distintos programas y por los tipos de organizaciones de 2007 hasta 2014. En un diálogo con la literatura brasileña, se resalta: esa mesorregión es privilegiada en comparación con su población y economía en el estado; hay una mayor demanda de propuestas y más recursos son enviados para atletas o equipos, infraestructura y eventos; organizaciones privadas e individuos envían más propuestas, las cuales reglan los objetivos de la política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Teixeira Quinaud, Universidade Federal de Santa Catarina Endereço: Avenida Vinícius de Moraes, n82, Córrego Grande, Florianópolis, Santa Catarina 88037-240 (48)99821-7860

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação Física-UFSC

Bárbara Schausteck de Almeida, Centro Universitário Internacional, Curitiba, Paraná, Brasil

É doutora em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná, quando realizou seu estágio de doutoramento (doutorado sanduíche) na University of Chichester, entre 2012 e 2013. Foi bolsista de pós doutorado pelo PNPD/CAPES entre 2015 e 2016.

Downloads

Publicado

2018-06-29

Como Citar

QUINAUD, R. T.; DE ALMEIDA, B. S. FINANCIAMENTO PÚBLICO NO ESPORTE: OS REPASSES DO ESTADO DE SANTA CATARINA PARA PROJETOS NA MESORREGIÃO GRANDE FLORIANÓPOLIS (2007-2014). Pensar a Prática, Goiânia, v. 21, n. 2, 2018. DOI: 10.5216/rpp.v21i2.46064. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/46064. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais