JOGOS TRADICIONAIS E MANIFESTAÇÕES COLETIVAS: RELAÇÕES DE CONFLITO ENTRE TRADIÇÃO E MODERNIDADE

Autores

  • Elizara Carolina Marin Universidade Federal de Santa Maria
  • Fernanda Stein Universidade Federal de Pelotas

Palavras-chave:

Jogos Tradicionais, Tradição, Modernidade, Manifestações Coletivas

Resumo

Este ensaio tematiza os jogos tradicionais situando-o no contexto da lógica da modernidade, que provoca mudanças substanciais no campo das tradições. Articula tanto elementos conceituais sobre o jogo tradicional quanto elucida manifestações coletivas (associações, encontros, festivais, assembleias, redes de diálogo, etc.), operadas em diferentes continentes, em especial, no americano, para garantir a “práxis criadora” e vibrante desta manifestação lúdica da e para a comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizara Carolina Marin, Universidade Federal de Santa Maria

Doutora em Ciências da Comunicação. Professora Adjunta do Centro de Educação Física e Desportos/UFSM. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Lazer e Formação de Professores/CEFD/UFSM. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6076371969892407

Fernanda Stein, Universidade Federal de Pelotas

Mestre em Educação Física. Doutoranda em Educação Física pela Escola de Educação Física/UFPel. Membro do Grupo de Pesquisa em Lazer e Formação de Professores/CEFD/UFSM. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4580551761804943

Downloads

Publicado

2015-12-18

Como Citar

MARIN, E. C.; STEIN, F. JOGOS TRADICIONAIS E MANIFESTAÇÕES COLETIVAS: RELAÇÕES DE CONFLITO ENTRE TRADIÇÃO E MODERNIDADE. Pensar a Prática, Goiânia, v. 18, n. 4, 2015. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/33983. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Ensaios