O FUTEBOL FEMININO E SUA INSERÇÃO NA MÍDIA: A DIFERENÇA QUE FAZ UMA MEDALHA DE PRATA

Autores

  • Leonardo Tavares Martins UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo
  • Laura Moraes

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v10i1.33360

Palavras-chave:

futebol feminino, mulher e esporte, esporte e mídia

Resumo

Historicamente, o futebol feminino no Brasil sofre pela forma como tem sido tratado pela mídia, carecendo de apoio, organização e inserção midiática. O objetivo deste trabalho foi avaliar a exposição do futebol feminino na mídia impressa, em dois dos jornais de maior circulação nacional durante três meses de 2004. Os resultados desse estudo apontam para o crescimento de mais de 2.000% no número de inserções na medida em que transcorriam os Jogos Olímpicos da Grécia. Mas a questão de base sobre a trajetória da mulher no esporte continua a despertar o interesse pela diferença e indiferença.

PALAVRAS – CHAVE: futebol feminino – mulher e esporte – esporte e mídia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Tavares Martins, UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo

Curso de Educação Física - Campus SP

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

MARTINS, L. T.; MORAES, L. O FUTEBOL FEMININO E SUA INSERÇÃO NA MÍDIA: A DIFERENÇA QUE FAZ UMA MEDALHA DE PRATA. Pensar a Prática, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 69–82, 2014. DOI: 10.5216/rpp.v10i1.33360. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/33360. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais