CRÍQUETE E NACIONALISMO HINDU NA ÍNDIA: ILUSÕES DA INTERPRETAÇÃO TEXTUAL

Autores

  • Nissim Mannathukkaren Dalhousie University

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v15i1.18020

Resumo

Este artigo apresentará uma crítica da tentativa da teoria pós-colonial em ler o nacionalismo no críquete exibido no filme de Bollywood, Lagaan, que foi indicado ao Oscar. Esse filme contesta a missão civilizatória do colonialismo britânico e também restaura a agência das classes subalternas. Diferente disso, este trabalho argumenta que o nacionalismo no críquete reproduz o nacionalismo burguês indiano, que não tem lugar para o subalterno. Também argumenta que a tese pós-colonial de descolonização e indigenização do críquete supostamente realizada por Lagaan é marcada por um culturalismo que não considera fatores estruturais como capital, classe e casta que dominam a instituição do críquete na Índia. Por fim, contra a tendência da teoria pós-colonial em ler os textos de forma isolada do contexto, afirma-se que o nacionalismo do críquete no filme pode ser entendido ao localizá-lo em relação à atual suposição onde as forças de capital e o nacionalismo são hegemônicos.

 

Palavras-chave: esporte; nacionalismo; história; Índia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-01

Como Citar

MANNATHUKKAREN, N. CRÍQUETE E NACIONALISMO HINDU NA ÍNDIA: ILUSÕES DA INTERPRETAÇÃO TEXTUAL. Pensar a Prática, Goiânia, v. 15, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/rpp.v15i1.18020. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/18020. Acesso em: 2 out. 2022.