O BULLYING NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SUA DIFERENÇA ENTRE MENINOS E MENINAS

Autores

  • Riana Duarte Linhares
  • João Paulo Oliveira Faria Instituto Superior de Educação - ISEMI-FUNITA
  • Raquel Guimarães Lins Instituto Superior de Educação - ISEMI-FUNITA

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v16i2.17355

Palavras-chave:

Bullying, Gênero, Educação Física Escolar.

Resumo

O objetivo foi analisar a relação do gênero com os tipos de bullying mais frequentes nas aulas de Educação Física Escolar do 6° ano do Ensino Fundamental. Foram selecionadas as quatro maiores escolas da rede municipal de Itaperuna e aplicado um questionário sobre bullying em 141 estudantes. Verificou-se que as diferenças entre os sexos não foram significativas, sendo mais encontrado nas meninas vítimas de bullying o tipo verbal e o psicológico/moral e nos meninos vítimas o verbal e psicológico/moral. O bullying mais comum entre os grupos foi o psicológico/moral, não apresentando diferença entre meninos e meninas, nem entre vítimas e agressores. Não houve mudança no comportamento feminino; nos meninos houve mudança na forma de agressão ou reação.

Palavras-chave: Bullying; Gênero; Educação Física Escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Riana Duarte Linhares

Licenciada em Educação Física - ISEMI/FUNITA

João Paulo Oliveira Faria, Instituto Superior de Educação - ISEMI-FUNITA

Professor do Curso de Licenciatura em Educação Física

Raquel Guimarães Lins, Instituto Superior de Educação - ISEMI-FUNITA

Professora Desporto B - Curso de Licenciatura em Educação Física

Downloads

Publicado

2013-07-01

Como Citar

LINHARES, R. D.; FARIA, J. P. O.; LINS, R. G. O BULLYING NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SUA DIFERENÇA ENTRE MENINOS E MENINAS. Pensar a Prática, Goiânia, v. 16, n. 2, 2013. DOI: 10.5216/rpp.v16i2.17355. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/17355. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais