A CIDADE DE CURITIBA E SEUS ESPAÇOS CENTRAIS DE LAZER

Autores

  • Aline Tschoke Universidade Federal do Paraná
  • Simone Rechia Universidade Federal do Paraná
  • Flávia Gonzaga Lopes Vieira Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v16i1.13651

Palavras-chave:

espaço, apropriação, relações sociais.

Resumo

Este trabalho tematiza a categoria “espaço” e suas relações com determinados atores sociais, a partir da observação de diferentes formas de apropriação de alguns espaços de lazer da cidade de Curitiba-PR. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória, objetivando demonstrar que por meio da análise das formas de apropriação desses ambientes é possível perceber que além das dimensões que lhe dão a forma estrutural, o espaço é também palco para a vida cotidiana, os quais ao mesmo tempo em que a constituem são constituídos por ela.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Tschoke, Universidade Federal do Paraná

Mestre em Educação Física pela UFPR, 2010.

http://lattes.cnpq.br/9911980307660544

Simone Rechia, Universidade Federal do Paraná

Pós-Doutora pela Universidade de Barcelona, 2009.

http://lattes.cnpq.br/5265139315424802


Flávia Gonzaga Lopes Vieira, Universidade Federal do Paraná

Mestre em Educação Física pela UFPR, 2010.

http://lattes.cnpq.br/8893589250575387

Downloads

Publicado

2013-03-28

Como Citar

TSCHOKE, A.; RECHIA, S.; VIEIRA, F. G. L. A CIDADE DE CURITIBA E SEUS ESPAÇOS CENTRAIS DE LAZER. Pensar a Prática, Goiânia, v. 16, n. 1, 2013. DOI: 10.5216/rpp.v16i1.13651. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/13651. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais