ARTE CIRCENSE: A MAGIA E O ENCANTAMENTO DENTRO E FORA DAS LONAS

Autores

  • José Francisco Baroni

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v9i1.126

Resumo

Este texto faz parte da dissertação de mestrado que investiga o saber circense incorporado e compartilhado no Circo Girassol, em Porto Alegre/RS. Pensando o corpo a partir de referenciais culturais e históricos, pode-se observar o movimento da arte circense ressignificado a cada tempo. Da prática corporal dos saltimbancos, despertando riso e liberdade, à arte do circo contemporâneo adequado ao mercado artístico performático desse tempo, o corpo transforma-se em um dos principais produtos da Indústria Cultural. Há também, neste artigo, uma proposta educacional para que a prática da cultura corporal de movimento seja desenvolvida com cooperação, solidariedade e interdisciplinaridade, fazendo do “brincar” de circo um ato pedagógico lúdico voltado para a “produção” do prazer. PALAVRAS-CHAVE: arte circense – corpo – prática pedagógica – ludicidade

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-11-15

Como Citar

FRANCISCO BARONI, J. ARTE CIRCENSE: A MAGIA E O ENCANTAMENTO DENTRO E FORA DAS LONAS. Pensar a Prática, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 81–100, 2006. DOI: 10.5216/rpp.v9i1.126. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/126. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais