CONFIGURAÇÃO TERRITORIAL DO TRANSPORTE AÉREO PAULISTA: NOVAS TERRITORIALIDADES E DESENVOLVIMENTO REGIONAL - DOI 10.5216/bgg.v29i2.9026

Autores

  • Ana Paula Camilo Pereira Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v29i2.9026

Resumo

 

O transporte aéreo no estado de São Paulo caracteriza-se pela sua expressividade no contexto nacional. Esta área é, atualmente, a que mais gera fluxos econômicos de passageiros e de cargas. É nesse sentido que o presente artigo traz uma análise sobre as condições gerais de produção, enfocando os princípios econômicos de organização do espaço urbano, bem como dos territórios. Assim, têm-se como base central da discussão os princípios de aglomeração, de acessibilidade, de interações espaciais, de hierarquia e de competitividade, a partir de uma contextualização sobre o setor de transporte aéreo. Busca-se demonstrar que a sociedade, baseada na supressão do espaço pelo tempo, requer formas mais rápidas de circulação, para tanto, a necessidade de modais que proporcionam velocidade de locomoção torna-se imprescindível para o sistema de circulação e mobilidade territorial. É nessa perspectiva que o estado representa o vetor principal no que tange a angariação de investimentos em infraestrutura aeroviária, como forma de promover o desenvolvimento urbano territorial e favorecer o crescimento do setor aéreo paulista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-03-10

Como Citar

PAULA CAMILO PEREIRA, A. CONFIGURAÇÃO TERRITORIAL DO TRANSPORTE AÉREO PAULISTA: NOVAS TERRITORIALIDADES E DESENVOLVIMENTO REGIONAL - DOI 10.5216/bgg.v29i2.9026. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 29, n. 2, p. 157–170, 2010. DOI: 10.5216/bgg.v29i2.9026. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/9026. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos