CORRELAÇÃO ENTRE CONTÁGIO DE COVID-19 E FLUXO PELO MODAL TRANSPORTE PÚBLICO ANÁLISE ESPACIAL NO MUNICÍPIO DE ARARAQUARA (SP)

CORRELATION BETWEEN COVID-19 CONTAGION AND FLOW THROUGH PUBLIC TRANSPORTATION: SPATIAL ANALYSIS IN THE MUNICIPALITY OF ARARAQUARA (SP).

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v44i1.76433

Resumo

Muitos estudos enfatizam a relação entre aglomeração de pessoas e a disseminação do SARS-CoV-2 (COVID-19), contudo, os estudos que investigam especificamente o fluxo de contaminação são escassos. Diante deste cenário, o objetivo deste trabalho é investigar a influência da circulação e fluxo de pessoas no transporte público no aumento do número de casos de COVID-19. A metodologia empregada consistiu em levantamento bibliográfico e uma análise espacial comparativa da evolução da situação epidemiológica do município de Araraquara, estado de São Paulo, e as viagens do modal transporte público. Verificou-se aumento acentuado de casos de COVID-19 nos locais com maior número de viagens, principalmente, nos fluxos realizados por transporte público. A centralização destes fluxos para o Terminal Central de Integração intensifica a possibilidade de maior contaminação. Foi possível inferir que os locais com maior crescimento de número de casos estão contidos nas zonas com maior quantitativo de viagens de origem e os locais com maior crescimento percentual de número de casos nas zonas com maior quantitativo de viagens de destino. Por fim, conclui-se que a disseminação de COVID-19 está intrinsecamente relacionada ao fluxo de pessoas, ficando ainda mais evidente a maior vulnerabilidade nos deslocamentos realizados por transporte público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Facci Inguaggiato, Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, São Carlos, São Paulo, Brasil, fp.facci@hotmail.com

Doutorando em Engenharia Urbana, pela Universidade Federal de São Carlos. Mestre em Engenharia Urbana, pela UFSCar. Pós-graduação lato sensu em Geoprocessamento Aplicado, pela UFSCar. Bacharel e Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é pesquisador do Grupo de Estudos em Planejamento Territorial e Ambiental, do Instituto Federal do Sul de Minas e foi pesquisador do grupo Geoprocessamento, da UFSCar. Tem experiência na utilização de Sistemas de Informações Geográficas, trabalhando com o ordenamento espacial e planejamento territorial urbano e ambiental.

Tatiane Ferreira Olivatto, Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, São Carlos, São Paulo, Brasil, tatianeolivatto@yahoo.com.br

Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Engenharia Urbana na Universidade Federal de São Carlos, com período de mobilidade na Universidad Nacional del Litoral. Mestrado em Engenharia Urbana pela UFSCar e graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, com sanduíche na University of South Australia. Formação técnica em Geomática pelo Colégio Técnico de Limeira, especialização em Docência Universitária (concluída) e em Ciências de Dados (em andamento). Integra os grupos de pesquisa Geoprocessamento, Cartografia Ambiental Urbana e Métodos e Técnicas de Avaliação de Impactos e Riscos Ambientais.

Downloads

Publicado

2024-02-29

Como Citar

INGUAGGIATO, F. F.; OLIVATTO, T. F. CORRELAÇÃO ENTRE CONTÁGIO DE COVID-19 E FLUXO PELO MODAL TRANSPORTE PÚBLICO ANÁLISE ESPACIAL NO MUNICÍPIO DE ARARAQUARA (SP): CORRELATION BETWEEN COVID-19 CONTAGION AND FLOW THROUGH PUBLIC TRANSPORTATION: SPATIAL ANALYSIS IN THE MUNICIPALITY OF ARARAQUARA (SP). Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 44, n. 1, 2024. DOI: 10.5216/bgg.v44i1.76433. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/76433. Acesso em: 21 jul. 2024.