IDENTIFICAÇÃO DE ÁREAS PRIORITÁRIAS PARA CONSERVAÇÃO DA BIOGEODIVERSIDADE NO ESTADO DE GOIÁS - DOI 10.5216/bgg.v23i1.4183

Autores

  • Pedro da Costa Novaes Universidade Federal de Goias
  • Laerte Guimarães Ferreira Universidade Federal de Goiás
  • Rógerio Dias Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v23i1.4183

Resumo

A elevada diversidade biológica e a intensa pressão antrópica a que o

cerrado vem sendo submetido fizeram desse bioma uma das 25 áreas mundialmente consideradas críticas para a conservação. Especificamente no Estado de Goiás, única unidade da federação totalmente inserida nos domínios do cerrado, aproximadamente 42,5% do território encontra-se recoberto por pastagens cultivadas, enquanto apenas 4,89% da área total do Estado representa as unidades de conservação federais, estaduais, municipais e particulares. N este artigo, apresentamos o panorama atual das unidades de conservação no Estado e discutimos a identificação de áreas prioritárias para conservação, tendo em vista a estruturação e efetiva implementação do Sistema Estadual de Unidades de Conservação (SEUC).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-07-03

Como Citar

DA COSTA NOVAES, P.; GUIMARÃES FERREIRA, L.; DIAS, R. IDENTIFICAÇÃO DE ÁREAS PRIORITÁRIAS PARA CONSERVAÇÃO DA BIOGEODIVERSIDADE NO ESTADO DE GOIÁS - DOI 10.5216/bgg.v23i1.4183. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 23, n. 1, p. 41–58, 2008. DOI: 10.5216/bgg.v23i1.4183. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/4183. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos