SABER E IDENTIDADE DOS AGRICULTORES FAMILIARES CAMPONESES DE COSTA DO BICA E PAREDÃO, PIRATINI (RS) - DOI 10.5216/bgg.v32i2.21076

Autores

  • Marilse Beatriz Losekan Universidade Federal de Santa Maria
  • Carmen Rejane Flores Wizniewsky Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v32i2.21076

Resumo

O presente artigo trata de uma pesquisa que procurou analisar a forma de vida camponesa e como ocorre areprodução social dos agricultores familiares camponeses das localidades de Costa do Bica e Paredão, localizadasno município de Piratini (RS), e inseridas no denominado Território do Alto Camaquã. O desenvolvimento dapesquisa está apoiado no método fenomenológico, com uso da história de vida e da observação da paisagem.Os sujeitos em questão são resultado da miscigenação entre indígenas (tupi-guarani e tape), açorianos,africanos (ex-escravos), sobre uma área que secularmente foi uma zona fronteiriça em litígio e um territórioonde predomina o poder do latifúndio pastoril em confronto com a agricultura camponesa. Esta está presentena disputa por esse território que abrange o bioma Pampa e reproduz práticas que permitem a coexistência dohomem com a natureza, garantindo a preservação das características socioambientais. Entre os resultadosobtidos percebe-se que nesse território uma nova transformação espacial está em curso com a implantaçãoda silvicultura, que vem modificando a paisagem rural com predomínio da pecuária familiar em extensaslavouras de monocultura de árvores exóticas. Pode-se constatar que, apesar da pressão externa produzida pelaterritorialização do capital e da invisibilidade desses camponeses, eles continuam resistindo, uma vez que seussaberes tradicionais continuam latentes em suas memórias, forma de vida e práticas cotidianas.Palavras-chave: camponeses, reprodução social, saberes, identidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilse Beatriz Losekan, Universidade Federal de Santa Maria

Carmen Rejane Flores Wizniewsky, Universidade Federal de Santa Maria

Downloads

Publicado

2012-11-16

Como Citar

BEATRIZ LOSEKAN, M.; REJANE FLORES WIZNIEWSKY, C. SABER E IDENTIDADE DOS AGRICULTORES FAMILIARES CAMPONESES DE COSTA DO BICA E PAREDÃO, PIRATINI (RS) - DOI 10.5216/bgg.v32i2.21076. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 32, n. 2, p. 33–49, 2012. DOI: 10.5216/bgg.v32i2.21076. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/21076. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos