Financeirização e concentração espacial dos fundos financeiros na megarregião Rio de Janeiro- São Paulo.

Autores

  • Oséias Teixeira da Silva Instituto Federal Fluminense, Macaé, Rio de Janeiro, Brasil, oseias.silva.10@hotmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v17i2.76147

Resumo

A financeirização é um processo com amplas consequências em diversas esferas da vida social, e está diretamente relacionada ao processo de globalização da economia. Um agente central nesse processo são os fundos financeiros.O objetivo do presente trabalho é analisar o processo de financeirização associado à formação da megarregião Rio de Janeiro - São Paulo.Tal análise se baseia em um levantamento feito junto ao site da CVM – Comissão de Valores Imobiliários. No site deste órgão, foram levantadas informações referentes a todos os fundos financeiros existentes no Brasil, sendo um total de 3141 fundos financeiros em atividade. A partir desta matriz, com dados sobre os fundos financeiros, realizamos uma série de análises, principalmente a análise da localização desses fundos em relação à megarregião Rio de Janeiro - São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-04-20

Como Citar

TEIXEIRA DA SILVA, O. Financeirização e concentração espacial dos fundos financeiros na megarregião Rio de Janeiro- São Paulo. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 17, n. 2, p. 324 –, 2023. DOI: 10.5216/ag.v17i2.76147. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/76147. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Digitalização do território, plataformas digitais e hegemonia financeira