A contribuição de Amélia Americano Domingues de Castro (1920-2020) à Didática da Geografia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v16i2.71908

Resumo

O curso de formação docente da FFCL da USP desempenhou papel importante para a constituição da história da Didática da Geografia em nosso país. Do seleto grupo de professores que formou, entre as décadas de 1930 e 1960, surgiu uma geração de brilhantes geógrafos docentes, dentre eles destacamos a professora Amélia Americano Domingues de Castro (1920-2020). Ela se formou no ano de 1940 e foi contratada em 1942 como professora de Didática, se tornando pioneira na área. Se destacou por introduzir as ideias de Jean Piaget, apresentando algumas respostas para questionamentos sobre orientação metodológica referente ao processo de ensino-aprendizagem. Sua produção intelectutual certamente evidencia a matriz caracterizada pela orientação escolanovista da época, que teve inúmeras variáveis, cujas versões podemos ainda investigar. Neste sentido, apresentamos no “XIV Encontro Nacional de Pós-graduação e pesquisa em Geografia” uma justa homenagem à professora Amélia, por meio da divulgação de seu legado que influenciou o campo pedagógico e as discussões em torno do ensino de Geografia.

Palavras-chave: Didática da Geografia; formação docente em Geografia; Amélia Americano Domingues de Castro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-08-20

Como Citar

MELLO, M. C. de O. A contribuição de Amélia Americano Domingues de Castro (1920-2020) à Didática da Geografia. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 16, n. 2, p. 189–201, 2022. DOI: 10.5216/ag.v16i2.71908. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/71908. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos