Mekaron Nhyrunkwa: reconhecimento do território cultural Mebêbgôkre a partir do acidente do voo Gol 1907

Autores

  • Mayalu Kokometi Waurá Txucarramãe Universidade do Estado de Mato Grosso, Sinóp, Mato Grosso, Brasil
  • Kárita de Fátima Araújo Universidade Estadual de Mato Grosso, Sinop, Mato Grosso, Brasil
  • Vinicius Modolo Teixeira Universidade Estadual de Mato Grosso, Sinop, Mato Grosso, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v16i1.70585

Resumo

O conceito de território se desenvolveu através da história do pensamento geográfico como uma de suas ferramentas analíticas mais importantes. Nesse sentido seu uso exerce importante papel para compreensão de questões atuais, como a luta por direitos e conflitos sociais, derivadas de embates de diferentes formas de poder. Nesse trabalho, demonstramos como o reconhecimento do direito a compensações por danos imateriais de cunho cultural para os indígenas Mebêngôkre, derivadas do acidente com o voo Gol 1907, transformou-se em uma conquista para seu povo e, em extensão, para outras etnias, tornando-se um marco para a luta indígena no Brasil.

Palavras-chave: Mebêngôkre. Território Indígena. Compensações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-20

Como Citar

KOKOMETI WAURÁ TXUCARRAMÃE , M. .; ARAÚJO, K. de F.; TEIXEIRA, V. M. Mekaron Nhyrunkwa: reconhecimento do território cultural Mebêbgôkre a partir do acidente do voo Gol 1907. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 16, n. 1, p. 50–66, 2022. DOI: 10.5216/ag.v16i1.70585. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/70585. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos