Pluriatividade em assentamentos rurais: forma de exclusão, inclusão ou permanência no campo?

  • Juliana Abadia Prado Soares Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí
  • Dimas Moraes Peixinho Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí

Resumo

A organização da produção no rural tem sido marcada por uma diversificação que vai da especialização à pluralidade de atividades, da produção em grande empresa à produção em pequenas propriedades. A organização na pequena propriedade voltada para agricultura familiar produz uma dinâmica que envolve atividades agrícolas, para-agrícolas e não agrícolas. A combinação de práticas agrícolas/para-agrícolas e não agrícolas, em uma mesma propriedade, aparece como uma opção para os agricultores familiares assentados, prática que é denominada como pluriatividade. A intenção desse artigo é analisar diferentes perspectivas buscando compreender o papel da pluriatividade para o agricultor em condição de assentamentos. Pretende-se destacar os pontos positivos e negativos das práticas pluriativas e, por fim, responder se a pluriatividade em assentamentos pode ser uma forma de exclusão, inclusão ou permanência no campo, a partir de estudos teóricos e empíricos. O recorte espacial é Microrregião Geográfica Sudoeste de Goiás, nos Assentamentos Agrovila Rio Verdinho no munícipio de Rio Verde (GO) e Nossa Senhora de Guadalupe no munícipio de Jataí (GO).

Palavras-chaves: Pluriatividade, Agricultura familiar, Assentamentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Abadia Prado Soares, Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí

Doutoranda em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação stricto sensu da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí e Professora de Geografia da Rede Estadual de Educação do estado de Goiás no munícipio de Jataí.

Dimas Moraes Peixinho, Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí

Professor Adjunto da Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí. Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde também realizou seu pós-doutorado.

Publicado
20-08-2019
Como Citar
Soares, J. A. P., & Peixinho, D. M. (2019). Pluriatividade em assentamentos rurais: forma de exclusão, inclusão ou permanência no campo?. Ateliê Geográfico, 13(2), 187-207. https://doi.org/10.5216/ag.v13i2.54116
Seção
Artigos