Classificação de Unidades Ambientais na Paisagem da Bacia Hidrográfica do Rio Sanabani (BHS), em Silves-Amazonas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v14i3.51495

Resumo

A presente pesquisa buscou definir unidades ambientais na bacia do rio Sanabani, em Silves Amazonas, tendo o solo como elemento homogeneizador da unidade. Os procedimentos metodológicos utilizados passaram por três fases: 1) gabinete - que consistiu no levantamento teórico e sistematização dos dados obtidos; 2) campo - para obtenção de amostras de solo e quantificação da vegetação e; 3) laboratório - análise química e física das amostras coletadas. Ao final dos procedimentos metodológicos elaboraram-se cartas-imagens espacializando as unidades ambientais e nivelando-as quanto aos graus de sustentabilidade (ambiente sustentável, ambiente médio e ambiente insustentável).  A bacia hidrografia Sanabani encontra-se "cortada" pelas rodovias AM-330 e AM-363. No entorno dessas, verifica-se solo desprotegido, movimentos de massa e  22 voçorocas. No geral, identificaram-se dois tipos de solo, o Latossolo Amarelo e o Espodossolo. A bacia hidrográfica Sanabani encontra-se em três níveis de sustentabilidade, que são: ambiente sustentável, ambiente médio e ambiente insustentável.

Palavras-chave: Unidades Ambientais – Amazônia – Sanabani – Sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-20

Como Citar

PEREIRA DE ABREU, N. R.; SABBÁ GUIMARÃES VIEIRA, A. F. Classificação de Unidades Ambientais na Paisagem da Bacia Hidrográfica do Rio Sanabani (BHS), em Silves-Amazonas. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 14, n. 3, p. 192–217, 2020. DOI: 10.5216/ag.v14i3.51495. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/51495. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos