Perfil do pessoal empregado formalmente no subsetor de hospedagem nos municípios de Caldas Novas, Goiânia, Pirenópolis e Rio Quente- DOI 10.5216/ag.v6i1.18762

Autores

  • Gisélia Lima Carvalho IFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v6i1.18762

Resumo

O presente texto trata da temática da mão de obra formal ocupada em Atividades Características do Turismo (ACT) em municípios do Estado de Goiás, a partir da descrição e da análise dosmeios de hospedagem. Pretende-se mostrar a relevância social e econômica desse subsetor do turismo, de modo a compreender alguns de seus impactos. Goiânia, Pirenópolis, Caldas Novas e Rio Quente, quatro dos importantes destinos turísticos do estado, fazem parte dorecorte geográfico deste estudo que tem como escala temporal o período de 2000 a 2008 e como fonte de pesquisa a base de dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-05-31

Como Citar

CARVALHO, G. L. Perfil do pessoal empregado formalmente no subsetor de hospedagem nos municípios de Caldas Novas, Goiânia, Pirenópolis e Rio Quente- DOI 10.5216/ag.v6i1.18762. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 72–91, 2012. DOI: 10.5216/ag.v6i1.18762. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/18762. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos