Análise socioambiental do Arroio Santo Antônio – Passo Fundo – RS - DOI 10.5216/ag.v4i11.11973

Autores

  • Alcindo Neckel FAC PORTAL.
  • Alexsandro Luiz Julio Universidade do Contestado – UnC
  • Emanuelle Goellner FAC PORTAL
  • Luciana Brandli Universidade de Passo Fundo-RS.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v4i3.16647

Resumo

O crescimento da população urbana mundial tem sido responsável por grandes alterações ambientais, especialmente em recursos hídricos. Este artigo apresenta um diagnóstico socioambiental do arroio Santo Antônio, afluente do rio Passo Fundo, localizado em Passo Fundo, cidade de médio porte, ao sul do Brasil. Identificou-se os níveis de degradação ambiental e a sua interferência na qualidade de vida da população ribeirinha, além de um levantamento socioeconômico da população. Os resultados apresentam um diagnóstico sobre a atual situação do arroio, características da população ribeirinha e problemas infraestruturais mais urgentes. A pesquisa revela um processo de violenta degradação, manifestada através das alterações vegetais, do lançamento de esgotos domésticos e de resíduos sólidos. Este trabalho tem a intenção de servir de aporte teórico a futuros trabalhos científico, visando um estudo da qualidade hídrica e as relações dos habitantes ribeirinhos com o arroio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-22

Como Citar

NECKEL, A.; JULIO, A. L.; GOELLNER, E.; BRANDLI, L. Análise socioambiental do Arroio Santo Antônio – Passo Fundo – RS - DOI 10.5216/ag.v4i11.11973. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 4, n. 3, p. 127–147, 2011. DOI: 10.5216/ag.v4i3.16647. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/16647. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos