EXPEDIENTES DO “ABSURDO” E O METATEATRO NA OBRA DE TENNESSEE WILLIAMS

Uma análise comparativa entre "The Two-Character Play" e "Out Cry"

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v9i1.74123

Resumo

Este artigo analisa criticamente as principais diferenças e semelhanças entre as peças The Two-Character Play e Out Cry, de Tennessee Williams. São obras com o mesmo enredo, porém com significativas diferenças na forma narrativa. O objetivo principal é identificar as relações autobiográficas, constatar os recursos formais que as associam ao chamado teatro do absurdo e à obra metateatral de Pirandello, assim como outros possíveis aportes do teatro experimental dos anos contraculturais estadunidenses e o off-off-Broadway. Além disso, apresenta as duas peças, sua recepção, sinopse, contexto e as condições em que foram escritas. Aponta, também, as montagens brasileiras e seus contextos. Como conclusão, tem-se que a remissão a expedientes experimentais do metateatro e do chamado teatro do absurdo permitem abrir portas de compreensão e caminhos estéticos pouco associados ao dramaturgo no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Marcio Arnaut de Toledo, Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Campinas, São Paulo, Brasil, sp.vi@hotmail.com

Realiza estágio pós-doutoral no Instituto de Artes da Univeridade Estadual de Campinas (IA-UNICAMP)

Doutor em Teoria e Prática do Teatro pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP)

Referências

ABEL, Leonel. Metateatro – Uma nova visão da forma dramatúrgica. Rio de Janeiro: Zanar, 1968. 190 p.

ANOUILH, Jean. Five Plays: Antigone, Eurydice, The Ermine, The Rehearsal, Romeo and Jeannette. Strass Farrar; Giroux Farrar (Trad.). New York: Hill and Wang, 1990. 340 p.

BECKETT, Samuel. Esperando Godot. Fábio de Souza Andrade (Trad.). São Paulo: Companhia das Letras, 2017. 192 p.

BECKETT, Samuel. Fim de partida. Fábio de Souza Andrade (Trad.). São Paulo: Cosac Naif, 2002b. 174 p.

BECKETT, Samuel. Happy Days. New York: Grove Atlantic Press, 1989. 64 p.

BERGMAN, Ingmar. Riten. Youtube, s/d. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=UU5Q59-hjV0>. Acesso: 30 mai. 2021.

CAMUS, Albert. O mito de Sísifo – Um ensaio sobre o absurdo. Ari Roitman; Paulina Watch (Trad.). Lisboa: Livros do Brasil, 2010. 163 p.

COSTA, Fernando da. O processo de criação Inveja dos anjos do Armazém Companhia de Teatro. Dissertação (Mestrado em Teatro). Centro de Letras e Artes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012. 111p. Disponível em: <https://www.repositório-bc.unirio.br>. Acesso: 25 mai. 2021.

DEVLIN, Albert J. Conversations with Tennessee Williams. Jackson: University Press of Mississippi, 1986. 369 p.

DORFF, Linda. Disfigured Stages: The Late Plays of Tennessee Williams, 1958-1983. Thesis (Doctor of Philosophy). New York: University of New York, 1997. 401 p.

ELORZA, Thelma. O exercício de metalinguagem. In: Folha de Londrina, 17 fev. 1997. Disponível em: <https://www.folhadelondrina.com.br/folha-2/o-exercicio-de-metalinguagem-9977.html>. Acesso em: 25 mai. 2021.

FALK, S. L. Tennessee Williams. Maria T. P. Moraes (Trad.). Rio de Janeiros: Lidador, 1966. 187 p.

FUNARTE. Berro, novo espetáculo do Grupo Tapa, chega ao Arena (SP). In: FUNARTE – Portal das Artes, 02 ago. 2013. Disponível em: <http://www.funarte.gov.br/teatro/>. Acesso em: 25 mai. 2021.

GENET, Jean. O balcão. Jacqueline Castro; Martim Gonçalves (Trad.). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1970. 160 p.

GENET, Jean. The Blacks: A Clown Show. Bernard Fletchman (Trad.) New York: Grove Atlantic Press, 1994. 98 p.

LONDRÉ, Felicia Hardison. Tennessee Williams. New York: Frederick Ungar Publishing, 1981. 213 p.

LONDRÉ, Felicia Hardison. The Two-Character Out Cry and Break Out. In: KOLIN, Philip C. (Ed.). The Undiscovered Country: The Later Plays of Tennessee Williams. New York: Peter Lang Publishing, 2002. p. 93-106.

PIRANDELLO, Luigi. Ciascuno a suo modo. Edizioni Scrivere, 2018. 98p. (e-Book).

PIRANDELLO, Luigi. Esta noite se improvisa. Sérgio N. Melo (Trad.). São Paulo: Tordesilhas, 2020. 169 p.

PIRANDELLO, Luigi. O falecido Mattia Pascal/Seis personagens à procura de um autor. Fernando Correa Fonseca (Trad.). São Paulo: Nova Cultural, 2002. 366 p.

PROSSER, William. The Late Plays of Tennessee Williams. Lanham: Scarecrow, 2009. 285 p.

WEISS, Peter. Marat/Sade. São Paulo: Abril Cultural, 1977. 134 p.

WILLIAMS, Tennessee. Dragon Country. New York: New Directions, 1970. 278 p.

WILLIAMS, Tennessee. Grito D´alma (Out Cry). Francisco Carneiro da Cunha (Trad.). Pará de Minas: Virtual Books, 2003. 53 p. (e-book).

WILLIAMS, Tennessee. Memoirs. New York: New Directions, 2006. 500 p.

WILLIAMS, Tennessee. No bar de um hotel de Tóquio e outras peças. José Camões; Manuel João Gomes (Trad.). Lisboa: Artistas Unidos/Cotovia, 2015. 228 p.

WILLIAMS, Tennessee. Out Cry. New York: New Directions, 1973. 86 p.

WILLIAMS, Tennessee The Two-Character Play. In: Plays 1957-1980. New York: The Library of America, 2000. p. 771-824.

WILLIAMS, Tennessee. The Two-Character Play. New York: New Directions, 1997. 63 p.

ZOLOTOW, Sam. ‘The Rose Tatoo’ to Continue Run; City Center Will Move It Into the Billy Rose. New York Times, October 26, 1966. Disponível em: <https://www.nytimes.com/1966/10/26/archives/the-rose-tattoo-to-continue-run-city-center-will-move-it-into-the.html>. Acesso: 25 mai. 2021.

Downloads

Publicado

2023-12-10

Como Citar

ARNAUT DE TOLEDO, L. M. EXPEDIENTES DO “ABSURDO” E O METATEATRO NA OBRA DE TENNESSEE WILLIAMS: Uma análise comparativa entre "The Two-Character Play" e "Out Cry". Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 9, n. 1, p. 455–496, 2023. DOI: 10.5216/ac.v9i1.74123. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/74123. Acesso em: 28 fev. 2024.