Outros relatos, novas histórias:

o processo textual e cênico desenvolvido por Grace Passô e sua relação com as questões de gênero, subalternidade e negrura.

Autores

  • Osmar Vanio Fernandes Universidade Federal de São João Del Rei, UFSJ, São João Del Rei, Minas Gerais, Brasil osmarvanio@yahoo.com.br https://orcid.org/0000-0002-4363-9491
  • Alberto Tibaji Universidade Federal de São João Del Rei, UFSJ, São João Del Rei, Minas Gerais, Brasil.tibaji.alberto@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v8i1.70136

Resumo

O referido artigo versa sobre as questões de gênero, mulher negra e teatro, isso é feito, com o intuito de compreender a relação existente entre gênero, o fazer teatral e a construção da memória na cena teatral de Belo Horizonte, buscando entender de que forma uma mulher negra, consegue romper com uma situação imposta pelo patriarcado existente na cena cultural de Belo Horizonte, impondo-se como dramaturga, diretora de teatro e atriz.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Osmar Vanio Fernandes, Universidade Federal de São João Del Rei, UFSJ, São João Del Rei, Minas Gerais, Brasil osmarvanio@yahoo.com.br

Mestre em Artes Cênicas pela UFSJ (2021), é graduado em Direção Teatral pela UFOP (2009). Ator formado pelo Curso técnico de Teatro pelo Instituto de Filosofia Artes e Cultura da UFOP, 1999.

Alberto Tibaji, Universidade Federal de São João Del Rei, UFSJ, São João Del Rei, Minas Gerais, Brasil.tibaji.alberto@gmail.com

Professor titular na UFSJ, tanto no Programa de Pós-graduação, quanto na Graduação em Artes Cênicas.  Possui doutorado em Artes pela Universidade de São Paulo (2002). Mestrado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991) possui Graduação em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1987).

Referências

ABÊ, Renato. Atriz Grace Passô fala sobre atuação e exclusões. Jornal O POVO. 01/05/2018 Disponível em: https://www.opovo.com.br/jornal/vidaearte/2018/05/atriz-grace-passo-fala-sobre-atuacao-e-exclusoes-ao-o-povo.html. Acesso em: 30/04/2022.

ALVARENGA, Geraldo Ângelo Octaviano de. Teatro em Belo Horizonte: de 1980 a 1990. (Dissertação de Mestrado em Artes) Belo Horizonte: UFMG, 2011.

ATHIE, Joyce. Ione de Medeiros segue na busca pelo experimento e comemora trajetória. Jornal O Tempo, 28/01/2018. Disponível em: https://www.otempo.com.br/diversao/magazine/ione-de-medeiros-segue-na-busca-pelo-experimento-e-comemora-trajetoria-1.1567588. Acesso em: 05/05/2022.

BOGART, Anne. A preparação do diretor. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BUTLER, Judith, Problemas de Gênero: feminismo e subversão de identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2019.

DAVIS, Angela. Mulheres, Raça e Classe. São Paulo: Boitempo, 2016.

FILGUERAS, Mariana. O teatro é uma espécie de aquilombamento. Continente, 24/04/2018. Disponível em: https://revistacontinente.com. br/secoes/entrevista/ro-teatro-e-uma-especie-de-aquilombamento. Acesso em: 21/04/2022.

hooks, bell; O feminismo é para todos. Políticas arrebatadoras. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2020.

HACKNEN, Douglas. 02/06/2020. Presidente da Fundação Palmares diz que movimento negro é uma 'escória maldita. Disponível em: https://jc.ne10.uol.com.br/politica/2020/06/5611250-presidente-da-fundacaopalmares-diz-que-movimento-negro-e-uma--escoria-mandita.html . Acesso em 07/05/2022.

KILOMBA, Grada, Memórias da Plantação: episódios de racismo cotidiano. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

MARTINS, Leda Maria. Performance do tempo espiralar: poética do corpo – tela. Rio de Janeiro: Cobogó, 2021.

MILANI, Robledo. Temporada: Entrevista Exclusiva com Grace Passô. 12/09/2018. Disponível em https://www.papodecinema.com.br/entrevistas/temporada-entrevista-exclusivacom-grace-passo/. Acesso em: 04/05/2022.

OLIVEIRA, Leticia Mendes de. (In)visibilidades e empoderamento das encenadoras no teatro brasileiro. Urdimento, Florianópolis, 2018, p. 157- 173. Acesso em: 12/05/2022.

PASSÔ, Grace. Por Elise. Rio de Janeiro: Cobogó, 2012.

PÉCORA, Luísa. Grace Passô: “A produção negra é um farol para a arte brasileira” 21/01/2019. Disponível em: https://mulhernocinema.com/entrevistas/grace-passo-a-producao-negra-e-umfarol-para-a-arte-brasileira/. Acesso em: 06/05/2022.

RIBEIRO, Djamila. Lugar de fala. São Paulo: Pólen, 2019.

ROMAGNOLLI, Luciana. Entrevista – 16 perguntas sobre passado e presente para Grace Passô 01/04/2013. Disponível em: https://www.horizontedacena.com/entrevista-16-perguntas-sobre-passado-epresente-para-grace-passo/. Acesso em: 01/05/2022.

SIMÕES, Lucas. As vozes de Grace Passô - Atriz e dramaturga apresenta em BH novo espetáculo “Preto” e prepara continuação do aclamado solo “Vaga Carne” 13/04/2018. Disponível em: https://www.obeltrano.com.br/portfolio/as-vozes-de-grace-passo/. Acesso em: 17/07/2021.

TV BRASIL, Programa Espaço Público. 1 vídeo (58:14) Entrevista: Conceição Evaristo. Publicado pelo canal youtube em: 18/06/2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=3oeouOXKDbU. Acesso em: 15/05/2022.

TV BRASIL, Programa Espaço Público. 1 vídeo (27:22) O Trilha de Letras recebe a escritora Conceição Evaristo. Publicado pelo canal youtube em: 20/03/2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=9lpOGN36WxA acesso: 18/05/2022.

Downloads

Publicado

2022-10-27

Como Citar

FERNANDES, O. V.; JUNIOR, A. F. da R. Outros relatos, novas histórias: : o processo textual e cênico desenvolvido por Grace Passô e sua relação com as questões de gênero, subalternidade e negrura. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 8, n. 1, 2022. DOI: 10.5216/ac.v8i1.70136. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/70136. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Temas Variados