O CORPO SEM ÓRGÃOS – FRANCIS BACON E O BUTOH: PROPONDO UMA ESTÉTICA CRUEL

Autores

  • Rodrigo Peixoto Barbara Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v3i2.48856

Palavras-chave:

Corpos sem Órgãos, Francis Bacon, Butoh, Estética cruel.

Resumo


Apresenta-se com essa investigação, a proposta de uma estética cruel tendo como subsídio artístico/teórico o possível e plausível diálogo do Corpo sem órgãos de Antonin Artaud com as expressões artísticas de Francis Bacon e do Butoh. O intercruzamento entre tais estéticas (cênicas e pintura) permite pensar que Francis Bacon é um corpo sem órgãos que pinta e o Butoh é a própria manifestação do corpo sem órgãos em cena. Sendo assim, busca-se elucidar e pensar por intermédio desse triálogo (Corpo sem órgãos, Bacon e Butoh) pontos de contato que agencie a proposta dessa estética cruel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Peixoto Barbara, Universidade Federal de Goiás


Mestre pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Performances Culturais da Universidade Federal de Goiás. É escritor, poeta e ator-bailarino licenciado em Artes Cênicas pela UFG. No campo cênico, experiencia e desenvolve estudos com ênfase no triálogo: interpretação, dança (expressão corporal) e educação. Investiga as áreas filosóficas e literárias da Diferença sendo pesquisador das poesias transgressoras de Manoel de Barros e dos pensamentos subversivos de Friedrich Nietzsche, Antonin Artaud, Gilles Deleuze e Félix Guattari. Compõe o grupo de contação e cantação de histórias: "Encanteria de Teatro". E-mail para contato: teatrodrigo.arte@gmail.com

Referências

ARTAUD, Antonin. Para acabar de vez com o juízo de Deus seguido de O teatro da Crueldade. Trad.: Luiza Neto Jorge e Manuel João Gomes. Lisboa: & etc, 1975.

BAIOCCHI, Maura. Butoh: dança veredas d?alma. São Paulo: Palas Athena, 1995.

DELEUZE, Gilles. Francis Bacon: lógica da sensação. Trad.: Roberto Machado. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2007.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 3. Trad.: Aurélio Guerra Neto, Ana Lúcia de Oliveira, Lúcia Cláudia Leão e Suely Rolnik. São Paulo: Editora 34, 1996.

NIETZSCHE, Friedrich. A gaia ciência. Trad.: Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

PASCALI, Maria Júlia. Hiochan: carta a um artista japonês. Acesso aos arquivos pessoais da pesquisadora em: 20, out, 2009.

UNO, Kuniichi. A gênese de um corpo desconhecido. 2ª ed. Trad.: Christine Greiner, Ernesto Filho e Fernanda Raquel. São Paulo: n-1 edições, 2012.

VIRMAUX, Alain. Artaud e o teatro. 2ª ed. Trad.: Carlos Eugênio Marcondes Moura. São Paulo: Perspectiva, 1990.

Downloads

Publicado

2017-12-30

Como Citar

BARBARA, R. P. O CORPO SEM ÓRGÃOS – FRANCIS BACON E O BUTOH: PROPONDO UMA ESTÉTICA CRUEL. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 3, n. 2, p. 059–070, 2017. DOI: 10.5216/ac.v3i2.48856. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/48856. Acesso em: 23 jun. 2024.