A dramaturgia da commedia dell’arte na busca de um teatro contemporâneo

Autores

  • Carlos Afonso Monteiro Rabelo Universidade Federal da Bahia (UFBA), Ondina, Salvador, BA, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v2i3.43427

Resumo

Resumo: Este artigo apresenta uma proposta de criação em teatro contemporâneo, tendo por base a dramaturgia da commedia dell'arte, representados por dois autores italianos, Flaminio Scala, Carlo Goldoni e um brasileiro, Ariano Suassuna, que empregaram alguns procedimentos criativos que aqui serão discutidos, tendo por foco, respectivamente, as peças Il finto marito (O marido fingido) de 1619, O servidor de dois patrões de 1746, e O casamento suspeitoso de 1961. Ao basear suas peças na cultura popular, e no fruto do trabalho da improvisação teatral realizada por grupos de atores, esses dramaturgos indicam caminhos para a criação de nova dramaturgia, que não se limitam apenas à gênese de texto via texto, incluindo também o trânsito entre cena e novo texto.

 

Palavras-chave: commedia dell'arte; dramaturgia; improvisação.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-29

Como Citar

MONTEIRO RABELO, C. A. A dramaturgia da commedia dell’arte na busca de um teatro contemporâneo. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 2, n. 3, p. 103–116, 2016. DOI: 10.5216/ac.v2i3.43427. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/43427. Acesso em: 22 maio. 2024.